Almir Sater faz show em Goiânia neste sábado, 6

Entre os mais importantes cantores da música popular brasileira, Almir Sater volta a Goiânia no próximo sábado, 6 de maio, para show no Teatro Rio Vermelho, às 21h. Os ingressos já podem ser comprados pelo site Bilheteria Rápida, Armazém do Livro, Frutos do Brasil (Av. 85) e Paçocas Bar e Restaurante.

Para apreciar o show, os fãs poderão pagar pelos ingressos R$300 (setor A/inteira), R$ 150 (setor A/meia), R$ 220 (setor B/inteira), R$ 110 (setor B/ meia), R$ 160 (superior/ inteira) e R$ 80 (superior/ meia). Quem doar 1 kg de alimento não perecível terá acesso à promoção de 50% de desconto na compra da inteira.

Almir Sater subirá ao palco acompanhado por sua viola de dez cordas, mais conhecida como viola caipira, e apresentará alguns clássicos de sua carreira como “Tocando em Frente” (veja no vídeo ao lado), “Chalana” e vários outros.

LEIA MAIS: Veja como foi o casamento da filha de Marconi Perillo em Pirenópolis

Além da boa música, o artista irá interagir com o público, contar “causos” e cantar canções de grande sucesso.

Cantor Almir Sater tem 60 anos e nasceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul | Foto: Reprodução/TV Cultura
Cantor Almir Sater tem 60 anos e nasceu em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul | Foto: Reprodução/TV Cultura

Almir Sater em Goiânia
Quando: 06/05, às 21h
Onde: Teatro Rio Vermelho, Rua 4 , 1400 – Setor Central
Quanto
Setor A – Inteira: R$300 | Meia-entrada: R$150 | Promocional 1kg de Alimento: R$150
Setor B – Inteira: R$220 | Meia-entrada: R$110 | Promocional 1kg de Alimento: R$110
Plateia Superior – Inteira: R$160 | Meia-entrada: R$ 80 | Promocional 1kg de Alimento: R$ 80
Onde comprar
Armazém do Livro (Nova Suíça): Praça Wilson Sales (62) 3224-6941; Armazém do Livro (Setor Bueno): Avenida T-63 (62) 3093-5030; Armazém do Livro (Centro): Avenida Goiás (62) 3212-8761; Paçocas Bar e Restaurante: Avenida Laguna (62) 3280-0381; Frutos do Brasil: Avenida 85 (62) 3932-5588 e pelo Site Bilheteria Rápida

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook