O peso do hardcore na terra do pequi

Vero HC é um dos talentos revelados no cenário do rock alternativo em Goiânia

Por Fernanda Kalaoun

Aqui, na terra do pequi e berço das duplas sertanejas, também ecoa o som intenso e ruidoso do hardcore. Os goianienses mais tradicionais podem até duvidar, mas o cenário do rock alternativo na capital goiana é gigantesco e da melhor qualidade. Grandes festivais como o Grito Rock, Bananada, Goiânia Noise, dentre outros, já revelaram inúmeras bandas talentosas para o Brasil e exterior.

A Vero HC é um desses talentos. Apesar de ter reestruturado seu estilo e formação em 2012, a banda já está há muitos anos na estrada. Neil Neto (vocal), Schubert Martins (guitarra), Murilo Vieira (bateria) e Tugart Araújo (baixo) compõem o quarteto, que teve a honra de tocar no último Vaca Amarela, no mesmo dia em que Dead Fish se apresentou, uma das bandas favoritas dos músicos.

“Esse show fez com que a Vero HC fosse enxergada além das barreiras de Goiás e deu uma projeção nacional com críticas e destaques nos principais veículos de comunicação especializados do Brasil”, afirmou Neil Neto. O vocalista conta que antes de a banda tomar um rumo mais autoral e pesado, a Vero tocava basicamente pop rock nacional em bares. Os integrantes acabaram incomodados com a ausência da pegada hardcore, estilo que sempre fez parte da formação musical dos rapazes.

Apresentação no festival Vaca Amarela deu projeção nacional à banda
Apresentação no festival Vaca Amarela deu projeção nacional à banda

Reformulação

“Essa mudança foi natural”, declarou o vocalista. “Deixamos de lado nosso antigo repertório e partimos para uma fase mais autoral. Focamos em compor canções que retratavam o que realmente sentíamos e resgatamos o hardcore como a base dessas novas músicas”, explicou.

Embora todos os integrantes já almejassem carreira musical, a iniciativa de formar uma banda partiu de Neil Neto e Schubert. “A gente já tem uma parceria musical que beira uma década e ambos com influências na base do hardcore. O Murillo abraçou a causa logo de cara e em seguida o Tugart se juntou a nós”, contou.

Estilo

Oficialmente, a Vero HC tem duas músicas lançadas nessa nova fase. Contra o Alvo e Mulheres Sem Nome possuem, inclusive, videoclipes divulgados na internet. “Finalizamos recentemente a gravação de nosso primeiro EP, que trará mais seis faixas inéditas. Esse novo trabalho está previsto para ser lançado em agosto deste ano”, revelou o vocalista.

“Nossas influências são as mais variadas e perambulam pelo hardcore, passando pelo metal e grunge. Bebemos da fonte do new metal também”, explica Neil. Clássicos do hardcore norte-americano, como Madball, Hatebreed e Suicidal Tendencies estão na lista das bandas mais ouvidas pela Vero HC. Metallica, Green Day, Offspring e as nacionais Sugar Kane, Dead Fish e CPM 22 também estão elencadas no gosto dos integrantes. “A ideia é pegar um pouco de cada influência dos integrantes e mesclar em um som produto”, disse.

Comentários do Facebook