2015: de Paolla à realidade – JOGO LIMPO com Rodrigo Czepak

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Atriz Paolla Oliveira 'quebrou' a internet brasileira depois de cenas sensuais em novela global (Foto: Reprodução)
Atriz Paolla Oliveira ‘quebrou’ a internet brasileira depois de cenas sensuais em novela global (Foto: Reprodução)

2015: de Paolla à realidade

Se você não é a atriz Paolla Oliveira – acumulou cerca de R$ 9 milhões em contratos publicitários – deve estar torcendo para 2015 terminar logo. E não se trata apenas da crise econômica, do crescente índice de desemprego e da sucessão de escândalos que arrebentam com a auto-estima do povo brasileiro. O ano também referendou a incompetência das autoridades em relação à crise hídrica e ao combate ao mosquito Aedes aegypti. Prevenção e planejamento, definitivamente, são duas palavras em desuso no vocabulário público.

Não vem que não tem

Atônitos, os governantes mal estão dando conta de arcar com o pesado fardo da folha de pagamento do funcionalismo. E 2016 bate à porta carregando os mesmos problemas, todavia com dois embrulhos extras que devem anestesiar parte da sociedade no segundo semestre: Jogos Olímpicos e eleições municipais. Um desafio e tanto para o ufanismo da Rede Globo e também para o exagerado otimismo dos candidatos. Conquistas esportivas e propostas mirabolantes nada irão representar enquanto o básico for considerado luxo no dia-a-dia do cidadão.

Exceção em beleza

A propósito: se a atriz Paolla Oliveira, a Dany Bond da minissérie “Feliz para Sempre?”, já era o sonho de consumo de milhares de brasileiros e brasileiras, imagine com a conta bancária tão recheada? As recentes performances de Paolla criaram nova redação para o ditado popular: tudo que é bom pode melhorar.

Transporte público goiano vive crise permanente (Foto: Reprodução)
Transporte público goiano vive crise permanente (Foto: Reprodução)

É sim pelos 20 centavos

O que se comenta nos bastidores é que as empresas do transporte coletivo, leia-se RMTC, estão usando a crise no setor para cobrar das autoridades municipais e estaduais reajuste de 20 centavos no valor da tarifa, subindo de R$ 3,30 para R$ 3,50 até o dia 31 de dezembro. A decisão judicial que determinou o recolhimento de aproximadamente 300 ônibus da Rápido Araguaia, por falta de pagamento, é apenas um dos itens apontados como justificativa para o caos que se aproxima.

Assembleia em chamas

Os deputados governistas têm aproveitado as confraternizações de fim de ano para desabafar, principalmente os novatos. Eles não imaginavam o quanto seria complicado defender a sucessão de projetos enviados pelo governador Marconi Perillo contra o funcionalismo público e também em relação ao reajuste de taxas e impostos. “São tantas medidas antipáticas que fica difícil pedir compreensão à sociedade”, admitiu um jovem parlamentar que, temendo represálias, recorreu ao anonimato.

Eu sou você amanhã

Os novatos também estão contrariados com o destaque dado ao deputado Santana Gomes como defensor número um do Governo Marconi Perillo. Confira o desabafo de outro parlamentar na tarde do último domingo em um shopping da cidade: “Os assessores de Marconi acham que somos idiotas. O Santana adora ser chamado de pitbull. Se continuar agindo dessa forma terá o mesmo fim do ex-deputado Túlio Isaac”.

Comentários do Facebook