Abrigo no Buriti Sereno, em Aparecida, teve mortes por Covid-19 e solicita doações | Foto: Divulgação
Abrigo no Buriti Sereno, em Aparecida, teve mortes por Covid-19 e solicita doações | Foto: Divulgação

Seis idosos morreram vítimas de covid-19 no abrigo Casa Silvestre Linares, que fica no Jardim Buriti Sereno, em Aparecida de Goiânia.

Além das mortes, outros 23 residentes testaram positivo para a doença.

A suspeita da diretora da casa, Suely Linhares, é de que o vírus tenha sido transmitido por conta da ida de alguns idosos a unidades de saúde.

Contudo, ela disse que é difícil dizer quando aconteceu, e se foi algum idoso infectado primeiro ou funcionário do local.

Doações para abrigo no Buriti Sereno

Desde que as mortes e os casos foram confirmados, o abrigo, gerido por uma instituição filantrópica, está recebendo doações para manter o funcionamento.

Entre os itens de primeira necessidade, estão máscaras de proteção facial e alimentos.

Para doar, basta ligar nos números (62) 3588-8183 ou (62) 9.9538-6129 (WhatsApp).

Primeira internação

O primeiro caso confirmado na Casa foi de uma mulher, que foi levada ao Hospital Municipal de Aparecida (Hmap) no dia 6 de junho.

Após o diagnóstico, a Vigilância Epidemiológica foi até o local e testou todos os residentes e funcionários.

O resultado foi de 28 idosos e 8 servidores com a doença. Todos foram isolados e o abrigo adotou medidas de contingência, como uso de borrifadores para limpeza.

A Secretaria de Saúde de Aparecida monitora a Casa, levando um médico ao local para fazer avaliações.

Aparecida atinge 2 mil casos de coronavírus e 100% de lotação na rede privada


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook