Acusado de matar cartunista Glauco comete crime em Goiânia

"Cadu teria trocado tiros com os policiais, mas ninguém se feriu"
“Cadu teria trocado tiros com os policiais, mas ninguém se feriu”

Foi preso no Setor Bueno, na última segunda-feira, 1, dupla suspeita de tentativa de latrocínio e latrocínio. Os suspeitos, Ricardo Pimenta e Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, o Cadu, mesmo responsável pela morte do cartunista Glauco Vilas Boas e seu filho, Raoni Vilas Boas, foram presos em um carro roubado por eles.

Os acusados estavam em veículo Honda Civic, que foi identificado como veículo de Mateus Pinheiro, que foi morto durante assalto no último domingo, 31. A polícia seguiu o veículo, que após tentar fuga, se chocou. Cadu teria trocado tiros com os policiais, mas ninguém se feriu. A polícia apreendeu um revolver calibre 38 prateado, que bate com a descrição da arma utilizada na morte de Mateus.

A morte do cartunista Glauco Vilas Boas e de seu filho Raoni Vilas Boas aconteceu em Guarulhos (SP), em 2010. Cadu saiu da cadeia recentemente.

Comentários do Facebook