Obrigada a beber em festa, aluna da UFG sofre coma alcoólico, diz mãe

Mãe denuncia que a filha, aluna da UFG, foi obrigada a ingerir bebidas alcoólicas em festa| Foto: Divulgação
Mãe denuncia que a filha, aluna da UFG, foi obrigada a ingerir bebidas alcoólicas em festa| Foto: Divulgação

A mãe de uma aluna da UFG (Universidade Federal de Goiás) denunciou que a filha foi  foi obrigada a ingerir bebida alcoólica durante festa promovida por alunos da instituição em um clube de Goiânia. A mulher, que não quis ser identificada, disse que a moça passou mal e foi levada em coma alcoólico para um ambulatório.

“O que ela [filha] me explicou é que ela participaria dos jogos interagrárias, porém para participar dos jogos eles ingerem bebidas alcoólicas em altas doses. Como minha filha nunca bebeu, foi obrigada a beber para estar participando”, explicou.

Segundo a mãe, ela foi informada que a universidade já recebeu reclamações a respeito da festa, mas que não conhece o consumo de bebidas alcoólicas nos jogos e que iriam investigar o caso.

publicidade

LEIA MAIS: Juiz pede bloqueio do Facebook em todo o Brasil por 24 horas

Em nota, a UFG informou que não realiza nenhum evento esportivo fora de suas dependências e que as atividades realizadas por estudantes da instituição são de responsabilidade dos mesmos.

Já a Associação Atlética de Veterinária disse que o evento tem bebidas alcoólicas e que apenas maiores de idade podem participar, e nenhum participante é obrigado a beber.

Acompanhe o Folha Z no FacebookInstagram e Twitter