Ana Carla entre verdades e fantasias – JOGO LIMPO com Rodrigo Czepak

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Secretária da Fazenda Ana Carla Abrão Costa (Foto: Reprodução)
Secretária da Fazenda Ana Carla Abrão Costa (Foto: Reprodução)

É digno de louvor observar como a secretária da Fazenda Ana Carla Abrão Costa defende as ações do governo estadual com unhas e dentes. Poucos colocam a cara à tapa no universo público. Agora a auxiliar econômica, principal aposta de Marconi Perillo, deveria assumir o comando da política de comunicação pra corrigir as gritantes distorções entre propaganda e realidade.

Goiás não é uma ilha de prosperidade no cenário econômico como tenta vender a insistente publicidade institucional. Ana Carla sabe disso. Os goianos também. Mas a secretária prefere ficar calada diante da flagrante tapeação.

Enquanto a muito bem paga mídia local vende o paraíso, a Revista Exame aborda os fatos como eles são. Goiás não está só, é claro, mas é um dos piores Estados em equilíbrio financeiro. Não se trata do quanto pior, melhor. Por que é tão difícil admitir as falhas para depois corrigi-las?

Sacanagem

Goiás vai mal, está na UTI, algo que nem mesmo a guerreira Ana Carla pode contestar. No início, a secretária até tentou usar de sinceridade nas avaliações,  mas a sacanagem infiltrada na comunicação do governo agiu rápido para neutralizá-la.

A filha da senadora Lúcia Vânia só não consegue disfarçar quando o confronto de dados é feito por veículos de comunicação nacional, como a Revista Exame. O choque de realidade é cruel para Marconi Perillo e o seu séquito de auxiliares que, ao longo do tempo, se especializaram em marketing fantasioso. Novata no mundo político, Ana Carla segue descobrindo que “a mentira pública tem a perna ainda mais curta”.

Comentários do Facebook