Ana Paula Valadão envia mensagem emocionante à mãe de menino morto em atentado

Bárbara Melo ao lado do filho João Pedro, morto aos 13 anos em atentado em Goiânia | Foto: Reprodução / Instagram
Bárbara Melo ao lado do filho João Pedro, morto aos 13 anos em atentado em Goiânia | Foto: Reprodução / Instagram

Fragilizada pela morte do filho João Pedro, de apenas 13, em atentado ocorrido no Colégio Goyases na última sexta-feira, 13, em Goiânia, Bárbara Melo publicou um desabafo nas redes sociais. Além do apoio enviado por vários internautas, ela também recebeu o carinho de alguém especial.

Após postar uma foto do filho no Instagram com a mensagem “Hoje não tem texto bonito. Apenas uma mãe despedaçada”, Bárbara foi presenteada com várias declarações de fé e apoio. A postagem recebeu quase 1000 comentários.

Mas a postagem de Bárbara, que é evangélica, também recebeu a participação de uma cantora gospel que está entre as de maior destaque do Brasil. Ana Paula Valadão escreveu uma mensagem de consolo e enviou um abraço “virtual” para a mulher que perdeu o filho.

Resposta

Mensagem de Ana Paula Valadão à mãe que perdeu o filho em atentado | Foto: Reprodução / Instagram
Mensagem de Ana Paula Valadão à mãe que perdeu o filho em atentado | Foto: Reprodução / Instagram

“Querida Barbara, estou continuamente sendo lembrada pelo Espírito Santo para orar por você, pelo sustento sobrenatural do Consolador em seu coração. Não há respostas. Há apenas uma história parecida, a de um homem justo, Jó. E há a esperança da glória, que esse mundo não conhece. Mesmo de longe, ou por aqui, por uma rede de relacionamento virtual, envio meu abraço”, escreveu Valadão.

Em resposta, Bárbara escreveu: “Obrigada, irmã querida! Amo você!”. Já em outra postagem, fazendo referência aos comentários críticos que recebeu, ela emendou: “Não julgue nosso filho e nossa família pelas notícias que você tem lido”.

Atirador

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Luiz Conzaga, o menor autor dos disparos na escola não está mais na Depai. Ele foi encaminhado a um centro de internação, conforme determinação do Judiciário. No entanto, o local não foi informado por questões de segurança.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook