Aparecida distribui cestas básicas para famílias de alunos matriculados

Veja como será a distribuição dos alimentos

Aparecida cestas famílias alunos
Aparecida começa distribuição de cestas para famílias de alunos da rede de ensino municipal | Foto: Enio Medeiros/Divulgação

Aparecida iniciou, nesta 3ª feira (19), a distribuição de cestas básicas para as famílias que possuem alunos matriculados em Escolas Municipais, Emeis, Cmeis e entidades conveniadas.

Segundo o secretário de Educação, Wanderlan Renovatto, cada escola ou Cmei elaborou um cronograma de distribuição para evitar aglomerações.

Ainda conforme o titular da pasta, a direção da unidade entrará em contato com a família e agendará horário para a retirada dos alimentos, respeitando os protocolos de saúde.

Para realizar a entrega das cestas, um funcionário da escola estará presente para instruir os pais quanto aos procedimentos de higienização dos itens da cesta.

Dúvidas sobre o agendamento devem ser feitas em contato direto com a unidade escolar exclusivamente por telefone ou mensagem de WhatsApp da própria escola ou Cmei.

Padrão das cestas básicas

As cestas básicas distribuídas terão, pelo menos, 5 kg de arroz, 1 kg de feijão e 1 L de óleo, além de macarrão e leite.

Os produtos foram adquiridos sob orientação da Coordenadoria de Alimentação Escolar.

Por meio de sua equipe nutricional e, com base no valor nutricional dos alimentos, determinou o que os kits de produtos deveriam conter.

Distribuição de cestas

A ação acontecerá ao longo das próximas semanas. Segundo a prefeitura, a doação beneficiará as famílias dos 47 mil alunos matriculados na rede.

O investimento para a aquisição das cestas é de cerca de R$ 1,5 milhão.

A medida é uma iniciativa da Prefeitura de Aparecida, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Turismo (Semect).

Com alto índice de contaminação, comércio do Garavelo pode ser fechado


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook