Uma semana após saltar do cenário verde para o amarelo, Aparecida de Goiânia anunciou que entrará na faixa laranja, de risco alto da covid-19, a partir do próximo domingo (5).

Isso porque, seguindo a Matriz de Risco do Ministério da Saúde, a cidade apresenta índices preocupantes de contaminação e de lotação hospitalar.

Agora, cada macrozona deverá fechar 2 vezes de segunda a sexta-feira e a cidade inteira fecha aos sábados, a partir das 13h, e aos domingos o dia todo. Veja: 

🚨🚨🚨 APARECIDA ENTRA EM RISCO ALTO E FECHARÁ BAIRROS 4 VEZES POR SEMANA Uma semana após saltar do cenário verde para o amarelo, Aparecida de Goiânia anunciou que entrará na faixa laranja, de risco alto da covid-19, a partir do próximo domingo (5). Isso porque, seguindo a Matriz de Risco do Ministério da Saúde, a cidade apresenta índices preocupantes de contaminação e de lotação hospitalar. Agora, cada macrozona deverá fechar 2 vezes de segunda a sexta-feira e a cidade inteira fecha aos sábados, a partir das 13h, e aos domingos o dia todo.

null

Não serão inclusos no escalonamento:

  • Feiras livres e especiais que seguiram portaria própria;
  • Estabelecimentos de assistência à saúde no atendimento de urgência e emergência, incluindo os serviços odontológicos e hospitalares;
  • Estabelecimentos que prestem serviços funerários;
  • Atividades de organizações religiosas;
  • Atividades de segurança pública e privada;
  • Indústrias situadas nos polos industriais do município que realizem o transporte de seus funcionários;
  • Órgãos públicos.

Vermelho

Caso a cidade chegue ao cenário vermelho, de risco altíssimo, as regras podem ficar mais rigorosas do que aquelas determinadas pelo governo estadual, que recomendou o isolamento escalonado de 14 em 14 dias.

Na faixa vermelha, todo o comércio ficaria fechado por 20 dias ao mês.

As decisões são tomadas pelo Comitê de Enfrentamento ao novo coronavírus de Aparecida, com base em nota técnica da Secretaria de Saúde de Aparecida e dados científicos, com o objetivo de preservar vidas e salvaguardar empregos e renda, conforme orienta a Organização Mundial da Saúde.

Os principais gatilhos para mudança de cenários são a taxa de ocupação de leitos de UTIs e o aumento de contágio entre a população.

Nos últimos dias, a taxa de ocupação de leitos de UTIs públicas ficou próximo de 60% e os leitos privados em 100%.

Com cenário laranja, de risco alto, Aparecida amplia isolamento social intermitente para evitar a disseminação da Covid-19 | Foto: Arquivo/Secom
Com cenário laranja, de risco alto, Aparecida amplia isolamento social intermitente para evitar a disseminação da Covid-19 | Foto: Arquivo/Secom

Boletim

Cenário atual do coronavírus em Aparecida de Goiânia, até a manhã desta 4ª feira (1):

  • 2.725 confirmados;
  • 1.669 recuperados;
  • 44 óbitos;
  • 46 hospitalizados.

Confira as taxas de ocupação dos leitos de UTI de Aparecida de Goiânia da rede pública e privada:

📊 Taxa de ocupação de UTI Adulto (Geral + Covid-19) – Rede pública – 63%
📊 Taxa de ocupação de UTI Adulto (Geral + Covid-19) – Rede privada – 100%
📊 Taxa de ocupação de UTI Pediátrica – Rede pública – 20%
📊 Taxa de Ocupação de UTI por Covid-19 – Rede Pública – 56%
📊 Taxa de Ocupação de UTI por Covid-19 – Rede Privada – 100%
📊 Taxa de ocupação total (UTI Adulto e pediátrica – rede pública e privada) – 70%

Goiânia publica decreto de adesão ao isolamento de 14 dias


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook