Aplicar multa para o cidadão que estiver sem máscara em Aparecida é uma possibilidade | Foto: Anna Shvets/Pexels
Aplicar multa para o cidadão que estiver sem máscara em Aparecida é uma possibilidade | Foto: Anna Shvets/Pexels

Aparecida estuda a possibilidade de começar a aplicar uma multa para qualquer cidadão que estiver sem máscara nas ruas da cidade.

A medida, que visa conter o avanço do coronavírus, já foi alvo de recomendação estadual e agora pode se tornar obrigatória e punível no município.

De acordo com informações adiantadas com exclusividade à Folha Z pelo secretário municipal da Fazenda, André Rosa, há viabilidade para a imposição de multas.

“A regra hoje é o comércio fechado e o cidadão em casa. E a exceção a essa regra só pode ocorrer com o uso de máscara”, afirmou.

Segundo ele, a medida será avaliada na próxima reunião semanal do Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento ao novo Coronavírus em Aparecida, marcada para a próxima 2ª feira (11).

O secretário explicou ainda que a ideia é usar o CPF para registrar as multas.

Assim como no caso das infrações de trânsito, uma notificação seria expedida com o prazo para que o cidadão possa recorrer da autuação.

O valor da multa, porém, ainda será discutido.

120 mil máscaras

Aparecida distribuirá 120 mil máscaras de pano | Foto: Reprodução/Redes Sociais
Aparecida distribuirá 120 mil máscaras de pano | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em entrevista coletiva na noite de 2ª feira (4), o prefeito Gustavo Mendanha garantiu que o município distribuirá 120 mil máscaras de pano entre a população mais carente da cidade.

Somente depois dessa distribuição é que a obrigatoriedade passível de multa deve ser imposta.

A área jurídica da administração ainda avalia se a medida precisará passar pela Câmara Municipal antes de entrar em vigência.

Jataí

Em Goiás, Jataí foi a 1ª cidade a adotar o procedimento.

Um decreto municipal estabeleceu que, a partir de 1º de maio, quem estiver sem máscara na rua pode ter que pagar multa de até R$ 150.

De acordo com a prefeitura, a multa vai ser aplicada também para quem estiver sem máscaras dentro do carro com mais de uma pessoa.

Fiscalização

Fizcalização em Aparecida é composta por membros das secretarias da Fazenda, Mobilidade e Defesa Social, Regulação Urbana (Postura e Edificações), Procon, Guarda Civil Municipal, Grupo de Gestão Integrada do Município (GGIM) e Vigilância Sanitária | Foto: Divulgação/Prefeitura
Fizcalização em Aparecida é composta por membros das secretarias da Fazenda, Mobilidade e Defesa Social, Regulação Urbana (Postura e Edificações), Procon, Guarda Civil Municipal, Grupo de Gestão Integrada do Município (GGIM) e Vigilância Sanitária | Foto: Divulgação/Prefeitura

Em Aparecida, apesar de o uso de máscaras ser apenas recomendado entre os cidadãos, os empresários e comerciantes podem ser penalizados.

Isso porque equipes de fiscalização da prefeitura estão nas ruas para monitorar o respeito às notas técnicas da Saúde que autorizaram a reabertura de cerca de 80% das atividades econômicas da cidade.

Caso um comerciante seja flagrado com funcionários desprotegidos ou mesmo atendendo um cliente que não esteja de máscara, corre o risco de ter o alvará de funcionamento provisório caçado.

Aparecida dobra casos de coronavírus e ultrapassa Anápolis


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook