Obras de asfalto em 29 ruas do Independência são lançadas nesta 6ª

Prefeito ainda reafirmou compromisso de asfaltar todas as ruas de Aparecida que já tenham rede de água tratada até o fim do seu mandato. Faltariam cerca de 30 bairros para atingir o objetivo

Receberão asfalto 27.144 m² de 29 ruas do Bairro Independência | Foto: Ênio Medeiros
Receberão asfalto 27.144 m² de 29 ruas do Bairro Independência | Foto: Ênio Medeiros

A Prefeitura de Aparecida vai lançar nesta sexta, 12, obras de asfalto nas ruas do Bairro Independência.

O lançamento será feito pelo Gustavo Mendanha e auxiliares na Rua Estibinita, esquina com as Ruas 67 e 78, às 17h.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura, serão pavimentados 27.144 m² de 29 ruas.

Além disso, também serão implantados 2.388 m² de galeria pluvial, 8.000 m² de meio fio e 11.469 m² de calçada.

Por fim será construído, 1 bueiro de concreto com 20 m de comprimento entre os bairros Independência Mansões e Jardim Riviera.

O recurso para as obras é de R$ 4,2 milhões, provenientes de emenda parlamentar destinada em 2018 pela então senadora Lúcia Vânia.

Asfalto em toda Aparecida

“O Programa Asfalto Para Todos já havia beneficiado parte do setor e agora a pavimentação chegará para todos os moradores do bairro”, comentou o prefeito Gustavo Mendanha (MDB).

De acordo com ele, sua administração tem o compromisso de levar asfalto para todas as ruas habitadas e que contem com rede de água tratada na cidade.

Já o secretário de Infraestrutura Mário Vilela aponta que já há maquinário atuando em obras de pavimentação em outros bairros:

  • Retiro do Bosque;
  • Jardim Miramar;
  • Buriti Sereno;
  • Solar Central Park (quase finalizado);
  • e Bandeirantes.

“Temos projetos prontos para asfaltar o restante da cidade, pois faltam pouco mais de 30 bairros para receber o benefício”, afirmou Vilela.

Escola no aterro sanitário de Aparecida recebe doação de livros


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook