Associação de Moradores do Buriti Sereno passou por reforma geral em 2017 | Foto: Marco Faleiro / Folha Z
Associação de Moradores do Buriti Sereno passou por reforma geral em 2017 | Foto: Marco Faleiro / Folha Z

O maior bairro de Aparecida de Goiânia está se movimentando para garantir melhorias junto à administração pública da cidade.

Em maio deste ano, foi empossada a nova diretoria da Associação de Moradores do Jardim Buriti Sereno.

Localizada na Rua Riachuelo, a sede do grupo passou por uma reforma completa de 2018 para cá após a entrada de recursos do governo estadual.

Apesar de ter sido inaugurada ainda em 1998, a organização só teve seu primeiro prédio em 2006.

Empossada junto à nova diretoria, a presidente da associação, Luzia Tavares, conta que os desafios são grandes para o Buriti Sereno.

“O setor evoluiu muito nos últimos anos, mas ainda tem pontos a melhorar”, comentou.

A diretoria, composta por 12 membros, trabalha voluntariamente para manter o local ativo.

Segundo eles, além do saneamento, o setor precisa de mais investimento em educação e assistência social.

Uma reclamação constante é quanto à insuficiência de unidades escolares e creches em relação ao tamanho do bairro.

No início deste ano, a Secretaria de Educação do município informou que busca recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para construir 11 novos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis).

Diretoria empossada em maio de 2019 é composta por Maria Luzia Tares, Eliane Neves, Eunice de Lenia, Natalina Tavares, Iranides Moreira, Kárita Araújo, Sérgio Conde, Luiz Francisco, Eleusa de Lima, Yuri Gomes, Adriano Silva, Adriana Souza  | Foto: Marco Faleiro / Folha Z
Diretoria empossada em maio de 2019 é composta por Maria Luzia Tares, Eliane Neves, Eunice de Lenia, Natalina Tavares, Iranides Moreira, Kárita Araújo, Sérgio Conde, Luiz Francisco, Eleusa de Lima, Yuri Gomes, Adriano Silva, Adriana Souza | Foto: Marco Faleiro / Folha Z

Atividades e cursos

Para arrecadar fundos para a associação, galinhadas e outras atividades são realizadas frequentemente.

Com os recursos, a ideia é implantar programas sociais, instrutivos e recreativos para os moradores do bairro.

Estão nos planos da diretoria realizar sessões de forró, aulas de capoeira e até cursos de informática e estética.

“A associação está de portas abertas para os moradores”, relatou uma das integrantes da diretoria, Eliane Neves.

Obras de construção da trincheira na Avenida São Paulo são retomadas


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook