Aulas presenciais só retornam quando houver vacina, anuncia Caiado

“Se ousarmos, corremos risco de promover um porcentual altíssimo de contaminação", afirmou o governador

Vamos retornar às aulas [no formato tradicional] somente no momento que tivermos a vacina. Vamos ouvir todos, mas essa é minha posição”, afirmou Caiado | Foto: Governo de Goiás
Vamos retornar às aulas [no formato tradicional] somente no momento que tivermos a vacina. Vamos ouvir todos, mas essa é minha posição”, afirmou Caiado | Foto: Governo de Goiás

O governador Ronaldo Caiado afirmou que as aulas presenciais na rede estadual de ensino só irão retornar quando houver uma vacina contra a covid-19.

A fala ocorreu na 6ª feira (11), durante live em suas redes sociais, quando foi questionado por um internauta sobre o retorno dos estudantes para a escola.

“Temos de zelar da educação, mas com cuidado pela saúde. Vamos retornar às aulas [no formato tradicional] somente no momento que tivermos a vacina. Vamos ouvir todos, mas essa é minha posição”, afirmou Caiado.

+ de mil professores infectado pelo vírus

O governador exemplificou o estado do Amazonas, cujo o retorno ocorreu há 30 dias e, dentro de uma testagem de 7 mil professores, foram detectados 1.700 infectados pelo novo coronavírus.

“Se ousarmos, corremos risco de promover um porcentual altíssimo de contaminação”.

Norma técnica

De acordo com a Secretária de Estado da Educação (Seduc), as escolas municipais e particulares também estão proibidas de executarem aulas presenciais.

Incerteza

Não há uma data específica para o surgimento da vacina contra a covid-19.


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook