Avô é preso suspeito de matar o próprio neto por vingança

Suspeitos apresentados pela polícia (Foto: Mais Goiás)
Suspeitos apresentados pela polícia (Foto: Mais Goiás)

Uma história cabeluda e assustadora. Assim pode ser definido um caso que a Polícia Civil desvendou e apresentou nesta segunda-feira (07).

O caso começa há mais de dois anos, em agosto de 2013, com o assassinato de Maria Francisca Ferreira, de 66 anos. O crime foi investigado pelo próprio marido da vítima, o aposentado Sebastião Pereira Vitorino, de 74 anos, que foi preso junto com o neto Henrique Rodrigues, de 23 anos, e com Artur Borges Lopes, de 18 anos.

Segundo a Polícia Civil, Sebastião descobriu que a esposa foi morta pela nora Valdivina Rodrigues Mota Santos, de 41 anos, e pelo filho dela, Huasley Rodrigues Borges, de 18 anos.

Para se vingar, o trio matou Huasley a tiros e enterrou o corpo dele em uma mata perto da cidade de Iporá. Em 12 de outubro deste ano, o aposentado também ordenou que Henrique e Artur Borges matassem a nora. Ela foi baleada na cabeça, mas sobreviveu.

Comentários do Facebook