Parceria firmada: base da PM será construída no Bueno

Polícia Militar terá base no Setor Bueno (Foto: Guilherme Coelho)
Polícia Militar terá base no Setor Bueno (Foto: Guilherme Coelho)

Mais um capítulo da longa história da Segurança Pública no Jardim América e região. Há oito anos, desde a fundação da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (9ª CIPM), fala-se da construção da base comunitária de polícia dentro do raio atendido pela companhia. Agora, uma solução provisória pode dar um pouco de tranquilidade para os moradores.

Sem apoio do poder público para realizar a empreitada, iniciativa encabeçada pelo Hiper Moreira propôs-se a emprestar a estrutura necessária para a instalação da base em terreno do supermercado, na divisa entre Bueno e Coimbra. A ideia é utilizar grandes contêineres para alocar temporariamente os policiais dentro da região atendida pela 9ª CIPM.

LEIA MAIS: Pedintes da T-63 e T-9 não podem ser estimulados, recomenda PM

Porém, o acordo determina que a estrutura não poderá ser transferida para outro local, sendo apenas um empréstimo feito pela empresa até que a base definitiva saia do papel. Vários líderes comunitários se posicionaram favoráveis à iniciativa, mas desde que a ação seja planejada a curto prazo, e não como objetivo final.

Denício Trindade defende urgentemente que base da 9ª CIPM saia do Jardim Europa e venha para a região (Foto: Câmara Municipal)
Denício Trindade defende urgentemente que base da 9ª CIPM saia do Jardim Europa e venha para a região (Foto: Câmara Municipal)

O vereador Denício Trindade (SDD), autor do projeto que doou parte do terreno do Colégio Estadual Jardim América à Polícia Militar em 2016, acredita que a vinda da base para o Bueno será uma ação positiva para aliviar o problema da violência nas redondezas. Porém, ele defende que a base precisa ser construída em local estratégico. “Jardim América e Nova Suíça são bairros muito populosos e também representam boa parte da mancha criminal da região. Exatamente por isso o terreno no Colégio seria o ideal para a operação da companhia”, argumentou.

O vereador ainda contou que, com a parceria do ex-comandante da 9ª CIPM, major Daniel Aleixo, foram obtidos todos os projetos arquitetônicos e complementares, além do orçamento para a edificação da obra.

Definitivo

O presidente do Conselho Comunitário de Segurança da região, Humberto Matsuda, compartilha da opinião do vereador, de que o “provisório” não pode acabar se transformando em “definitivo”. Já para o ex-presidente da OAB-GO e também membro do Conselho de Segurança, Sebastião Macalé, o ideal é que a base seja construída em definitivo no terreno que já é de direito da Polícia Militar.

Área

Atualmente, policiais, viaturas, equipamentos e toda a burocracia da 9ª CIPM operam dentro do 7º Batalhão, no Jardim Europa. E, segundo o comandante da companhia, major Ricardo Pereira, a perda de 21 minutos diários de deslocamento dos agentes resulta em quase um dia inteiro sem policiamento no Jardim América, Bueno, Nova Suíça, Coimbra e região.

O problema é que, segundo o major, seriam necessários R$ 620 mil para executar os projetos da obra em terreno do Colégio. Verba que o Estado alega não ter disponível. Já o presidente do Conselho de Segurança afirma que R$ 250 mil seriam suficientes para construir a estrutura básica da sede da 9ª CIPM. A expectativa é que a base provisória já traga um alívio para os moradores, que convivem diariamente com a violência.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook