Detran intensifica ação de blitz durante Carnaval | Foto: Divulgação
Detran intensifica ação de blitz durante Carnaval | Foto: Divulgação

O Detran Goiás vai intensificar ações de fiscalização e educação para o trânsito, com blitz e outras medidas, durante todo o feriado de Carnaval.

De 22 a 25, equipes desenvolverão trabalho de conscientização e verificação do cumprimento da Lei Seca no interior e na Região Metropolitana.

Locais de grande aglomeração de foliões receberão equipes de educadores de trânsito, que farão o trabalho de conscientização com os visitantes em bares, restaurantes e shows; e equipes de fiscalização, que atuarão em blitzes.

No sábado (22), serão realizados bloqueios educativos nas principais saídas da capital (GOs 020, 060, 070, 080).

A meta é sensibilizar condutores para a necessidade do cumprimento da legislação de trânsito, especialmente, quanto ao respeito aos limites de velocidade, regras de ultrapassagem, uso do cinto de segurança e da não combinação de bebidas alcoólicas e direção.

As blitzes da Balada Responsável, que serão levadas às cidades turísticas, buscam o cumprimento da Lei Seca e outras questões inerentes ao trânsito e à segurança pública.

Durante as abordagens, serão verificados os documentos dos condutores e veículos, condições de circulação e outras.

Quem for flagrado conduzindo veículo sob o efeito de álcool pode sofrer punição administrativa e ainda ser enquadrado em crime de trânsito.

PRF multa motoristas por desrespeito à Lei Seca | Foto: Reprodução / PRF-GO
PRF multa motoristas por desrespeito à Lei Seca | Foto: Reprodução / PRF-GO

Punições

O condutor flagrado dirigindo sob o efeito de álcool ou que se negar a fazer o teste do bafômetro será autuado administrativamente.

Terá que pagar multa no valor de R$ 2.934,70 (podendo dobrar em caso de reincidência) e responderá processo que pode resultar na suspensão de 12 meses do direito de dirigir.

O veículo também fica retido até que seja apresentado um outro motorista habilitado.

Bombom de licor livra motorista de punição em blitz da Lei Seca

Caso seja constatada a embriaguez, quando o bafômetro acusar valor igual ou superior a 0,34 miligramas por litro de ar (descontada a margem de erro) ou se o exame de sangue marcar resultado igual ou superior a 6 decigramas de álcool por litro de sangue (6 dg/L), o motorista será enquadrado em crime de trânsito.

Além das punições administrativas, ele será preso em flagrante, podendo pegar de 6 meses a 3 anos de detenção.

CNH Social: 50% ainda não fizeram matrícula e podem perder vaga


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook