Preso suspeito de estuprar e roubar mulheres em Aparecida e Região Metropolitana, Jackson Fernandes Santos, de 26 anos, foi apresentado pela Polícia Civil na manhã desta sexta, 27.

Ele é o 2º preso no desenrolar de uma força-tarefa da PC que visa identificar autores de estupros em série.

Liberados pela investigação, vídeos de câmeras de segurança mostram como Jackson agia. Nas imagens, as vítimas são abordadas, levadas para locais abandonados e violentadas.

🚨 Vídeo mostra ação de 2º estuprador em série peso em Aparecida Preso suspeito de estuprar e roubar mulheres em Aparecida e Região Metropolitana, Jackson Fernandes Santos, de 26 anos, foi apresentado pela Polícia Civil na manhã desta sexta, 27. Ele é o 2º preso no desenrolar de uma força-tarefa da PC que visa identificar autores de estupros em série. Liberados pela investigação, vídeos mostram como Jackson agia. Nas imagens, as vítimas são abordadas, levadas para locais abandonados e violentadas. Jackson Fernandes foi preso no dia 17 de setembro. Durante sua apresentação à imprensa, ele disse que não se lembra de ter cometido os crimes. “Na imagem que mostram sou eu, mas eu tenho problemas, bebo, uso droga e não me lembro de ter feito isso. Fiquei sabendo só quando me prenderam”, disse.

0 Likes, 0 Comments – Folha Z (@folhaz) on Instagram: “🚨 Vídeo mostra ação de 2º estuprador em série peso em Aparecida Preso suspeito de estuprar e…”

Jackson Fernandes foi preso no dia 17 de setembro.

Durante sua apresentação à imprensa, ele disse que não se lembra de ter cometido os crimes.

“Na imagem que mostram sou eu, mas eu tenho problemas, bebo, uso droga e não me lembro de ter feito isso. Fiquei sabendo só quando me prenderam”, disse.

Investigação

De acordo com a PC, ele pode ser o autor de pelo menos 3 crimes sexuais: contra uma menina de 13 anos (em fevereiro); contra uma mulher, em 27 em junho; e contra uma jovem de 22 anos, em agosto.

De acordo com o delegado Álvares Lins, integrante da força-tarefa, em um dos casos, o suspeito perseguiu uma mulher de moto, a levou para um terreno baldio, roubou o celular e a estuprou.

“Por fim, ele ainda a ameaçou, dizendo que sabia onde ela morava e, se ela o denunciasse, ia matá-la”, disse.

Já no outro caso, segundo os investigadores, ele seguiu de carro uma mulher que descia do ônibus, a abordou com uma faca, roubou o celular e a estuprou.

Nesses dois casos, a Polícia Civil já concluiu o inquérito e indiciou Jackson pelos crimes de roubo e estupro.

A investigação sobre o abuso contra a adolescente está em fase final.

MP cumpre 9 mandados de busca e apeensão em Aparecida e Caldas


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook