cantor tiro olho Goiânia
Cantor foi morto com tiro no olho em Goiânia | Foto: Reprodução/Facebook

O cantor sertanejo Diego Souza de Sá, de 29 anos, foi morto após levar um tiro no olho em um lava jato que fica na Avenida 11ª, no Setor Vila Nova, em Goiânia.

O crime aconteceu na tarde dessa 3ª feira (13).

Segundo a polícia, o principal suspeito é um amigo da vítima, de 37 anos, que teria efetuado o disparo acidentalmente.

O suposto autor, que segue foragido até o início desta tarde, também é o dono do lava jato.

As autoridades creem que ele possa se entregar ainda nesta 4ª (14).

Investigações

De acordo com a Polícia Civil (PC), Diego foi com um familiar até o estabelecimento para buscar um carro.

Quando estavam no local, o suspeito teria pegado a arma do crime, um revólver calibre 38, para mostrar à vítima e ao familiar.

Na sequência, por motivos ainda não esclarecidos, o tiro foi disparado, acertando o cantor.

O homem, então, saiu para buscar ajuda, mas não retornou e teria levado consigo o revólver.

Ele pode ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Acionada, uma equipe do Corpo de Bombeiros foi até o local e atestou a morte do sertanejo.

Diego, que também era sanfoneiro, nasceu em São Miguel do Araguaia, na região norte de Goiás. Ele deixa esposa e uma filha de 2 anos.

Com as suspensões dos shows por conta da pandemia de covid-19, a vítima tinha acabado de migrar para o negócio de linguiças artesanais.

 LEIA MAIS 👉 7 importantes linhas da Região Metropolitana são alteradas


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook