Cantora Adriana Aguiar é destaque no 31º Congresso dos Gideões

Adriana AguiarPela segunda vez, a cantora Adriana Aguiar esteve presente no Congresso Internacional de Missões dos Gideões Missionários da Última Hora em Camboriú (SC). Cerca de dois anos após sua primeira apresentação, Aguiar voltou ao evento, desta vez contratada pela Plenitude Gospel Music – escritório de administração de carreiras artísticas.

Nesta edição – que ocorreu entre os dias 20 de abril e primeiro de maio -, Adriana Aguiar fez 14 apresentações divididas entre o Ginásio Irineu Bornhausen e o Pavilhão dos Gideões, locais onde ocorre o congresso há mais de trinta anos. Suas apresentações lhe rendeu o título de cantora revelação dos Gideões 2013.

Imprensa

publicidade

Antes de se apresentar, Adriana conversou com a imprensa; “Estou muito feliz porque Deus está cumprindo tudo o que me prometeu, estou tendo a grande oportunidade de cantar várias vezes em um lugar onde sempre sonhei estar, um evento gigante, que tem uma grande responsabilidade social com todo o mundo, sem dizer que é o sonho de grande parte dos cantores gospel brasileiro”, conclui Adriana, emocionada.

Durante o Congresso, a Plenitude Gospel Music lançou oficialmente o novo CD da cantora Adriana Aguiar, o “Comemore”, o quarto de sua carreira, com doze músicas inéditas. Trabalhando as músicas “Paulo e Silas” e “Pisa na Brasa”, Adriana Aguiar fez Camboriú retirar os pés do chão, ao som dos ritmos pop e pentecostal – sua marca registrada.

Festa missionária

No Gideões, a cantora dividiu o palco com renomados cantores e pastores. Nesta ocasião, Adriana Aguiar também cantou diversas vezes no ‘Stand Plenitude’ localizado no centro da cidade. Ela foi uma das cantoras que além de ter sido campeã na vendagem de CDs, também foi a que mais cantou nos palcos oficiais da festa missionária. Cerca de meio milhão de pessoas esteve presente no evento.

Nascida em Porangatu (GO), Adriana Dias Aguiar Oliveira completa em 2013 nove anos de carreira. Neste período, a cantora já gravou uma música em espanhol e emplacou hits como ‘Nem medalha nem brasão’, ‘Homem dos milagres’, ‘Pensamentos’ e ‘Ungidos para vencer’. Impulsionada por esses sucessos, a cantora fez duas turnês na Europa, passando por Suíça, Bélgica, Portugal, Inglaterra, França e Holanda, além das cidades americanas de Nova Iorque, Boston, Chicago e Nova Jersey.