Por que carros vermelhos são os MENOS roubados no Brasil

Modelos de outras cores chegam a ter mais do que o dobro do índice dos vermelhos. Você saberia dizer o motivo?

Carros vermelhos são menos roubados do que modelos de outras cores | Foto: Ilustrativa
Carros vermelhos são menos roubados do que modelos de outras cores | Foto: Ilustrativa

De acordo com uma pesquisa realizada na Holanda, os carros menos roubados de todos eram aqueles da cor vermelha.

A análise debruçou-se sobre índices de crime nos últimos 20 anos. A conclusão foi a seguinte: quanto mais chamativa a cor do carro, menos ele é visado pelos ladrões.

E os carros vermelhos são menos roubados aqui no Brasil também.

Isso foi o que apontou o estudo realizado por uma das maiores empresas do mercado de monitoramento e rastreamento de veículos do país, a Ituran.

De acordo com os dados, o panorama da última década no Brasil foi parecido com o da Europa.

Os números demonstram que os carros mais roubados no Brasil são os de cor preta e prata, responsáveis por 26,2% e 24,5% das ocorrências registradas.

Na sequência, figuram os veículos brancos (18,7%), cinza (11,2%) e, por último, os vermelhos, com 10,6%.

Motivo

No início, acreditava-se que a pequena incidência de roubo de carros vermelhos fosse devida ao fato de serem mais fáceis de identificação por parte da polícia.

Porém, tanto as análises europeias quanto brasileiras mostraram que o verdadeiro motivo é econômico.

Trata-se de uma lógica simples: os modelos mais buscados pelos consumidores são os pretos e pratas.

Justamente visando a facilidade na venda dos produtos de roubo, os criminosos passaram a preterir os modelos vermelhos, mais difíceis de vender.

Ligar o ar-condicionado com o carro em alta velocidade pode danificá-lo?


Acompanhe o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook