Faculdade e associação lançam cartilha em defesa da mulher

Dia da Mulher é celebrado com lançamento de cartilha na Unifan | Foto: Divulgação/ Unifan
Dia da Mulher é celebrado com lançamento de cartilha na Unifan | Foto: Divulgação/ Unifan

Em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres a Faculdade Alfredo Nasser em parceria com a Comissão de Direitos Humanos da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas em Goiás fez o lançamento da Cartilha Direitos da Mulher x Feridas que Afloram Conquistas.

O evento foi realizado no auditório da faculdade e reuniu alunos, coordenadores de cursos, o diretor geral da Instituição, Professor Alcides Ribeiro Filho, o presidente da ABRACRIM Goiás, advogado Alex Neder e os idealizadores da cartilha, Lorena Ayres, Luciana Valle e Márcia Póvoa.

A cartilha foi idealizada para que o maior número de mulheres possa ter conhecimento no que tange a violência doméstica.

publicidade

A aplicabilidade da Lei 11.340/2006 (Lei Maria da Penha) é fundamental, questão de ordem quando o assunto é a defesa dos direitos da mulher”, comentou a advogada e presidente da Comissão de Direitos Humanos da ABRACRIM-GO, Lorena Ayres.

LEIA MAIS: As mulheres de preto da Polícia Militar

São 60 mil exemplares que serão distribuídos em locais como escolas, delegacias e residências em todo o Estado de Goiás e, em breve, em todo o Brasil, já que o modelo será levado à ABRACRIM Nacional para inspirar outros estados brasileiros.

Professor Alcides destacou a importância do lançamento da cartilha, por ser um forte instrumento de resgate da cidadania da mulher vítima de todas as especiais de violência, pois com a cartilha elas terão como se orientar para buscar ajuda das autoridades policiais dentre outras, para protegerem-se de agressões diversas.

Serviços

Outra atividade realizada pela Faculdade Alfredo Nasser, como forma de homenagear as mulheres, foi o oferecimento de serviços nas áreas da saúde, podologia e maquiagem para alunas, professores e colaborados da instituição.

Os profissionais da área e alunas de vários cursos das áreas da saúde montaram seus estandes de atendimento na tenda central.

Entre um contato e outro com as homenageadas o Professor Alcides disse: “As mulheres não são todas iguais. Todas são diferentes, mas todas têm em comum o tamanho do coração. Todas são bondosas, carregam um carinho no olhar e uma força angelical nos gestos.

As mulheres são a beleza do mundo. Elas tornam a vida de qualquer pessoa em paraísos repletos de amor e paixão. As mulheres merecem ser felizes, sorrir, receber o amor de todo mundo e também ser homenageada não só no dia de hoje, mas durante todo o ano”.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter