Gestante relata que teve a casa apedrejada em Águas Lindas após boatos de coronavírus | Foto: Reprodução
Gestante relata que teve a casa apedrejada em Águas Lindas após boatos de coronavírus | Foto: Reprodução

A casa de uma gestante foi apedrejada após viralizarem boatos de que ela estaria contaminada com o coronavírus em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF.

A informação foi divulgada por meio de áudios no WhatsApp:

“Essa mulher é gestante de 4 meses e deve ter contaminado aí em volta. O irmão dela estava na Itália e conseguiu vir para cá. Porém, foi detectado. Ele sabia que estava com coronavírus e foi para dentro da casa dela”, diz o áudio.

Exame no HDT

A mulher, de 41 anos, negou as informações.

Segundo a família, a gestante foi encaminhada na semana passada ao Hospital de Doenças Tropicais (HDT) de Goiânia, sob suspeita de coronavírus, após procurar uma unidade de saúde local com sintomas de gripe.

Lá, ela passou por exame para o novo vírus, que resultou negativo, e recebeu diagnóstico de pneumonia.

Exame realizado no HDT, em Goiânia, resultou negativo para coronavírus | Foto: Reprodução
Exame realizado no HDT, em Goiânia, resultou negativo para coronavírus | Foto: Reprodução

Viagem

Já o irmão negou ter ido à Itália, dizendo que esteve fora apenas em uma viagem a trabalho ao Paraná.

Após a repercussão das mensagens, a família relatou que uma “chuva de pedras” atingiu o telhado da residência.

A Polícia Militar foi ao local, mas não identificou os autores do atentado.

Golpe do coronavírus: agentes de saúde não visitam casas em Aparecida


Acompanhe tudo que acontece em Goiás seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook