Por que o celular está acabando com sua coluna e como se livrar disso

Se você está lendo essa matéria no seu celular, provavelmente está nessa exata posição | Foto: Reprodução
Se você está lendo essa matéria no seu celular, provavelmente está nessa exata posição | Foto: Reprodução

Nossos celulares e tablets cada vez mais transformam o modo como vivemos. Mas as mudanças nem sempre são positivas. Manter a cabeça para baixo e o olhar direcionado aos dispositivos é como ter um peso de 30 kg preso ao seu pescoço.

Se você está lendo essa matéria no seu celular, provavelmente está nessa exata posição. E esse hábito influencia sua postura e contribui para dores de pescoço, nas costas, nos ombros e nos braços, podendo até mesmo causar lesões na coluna.

Geralmente, a cabeça de um humano adulto pesa entre 4,5 e 5,5 kg. Conforme você a inclina para frente, os músculos da coluna cervical (pescoço), tendões e ligamentos absorvem todo esse peso, diretamente proporcional ao ângulo de inclinação.

Modelo criado pelo cirurgião Kenneth K. Hansraj mostra variação | Foto: Reprodução
Modelo criado pelo cirurgião Kenneth K. Hansraj mostra variação | Foto: Reprodução
publicidade

Ângulos

Um modelo criado pelo chefe de cirurgia no Centro de Reabilitação e Cirurgia de Coluna de Nova York, Kenneth K. Hansraj, ajuda a entender o problema. Com 15º de inclinação, a cabeça exerce peso de 12 kg. Dobrando a inclinação para 30º, o peso chega a 18 kg.

LEIA MAIS: Você pode cursar Medicina ou Direito na UEG já no ano que vem

Já com 60º, inclinação comum e que você faz diariamente, a força a que são submetidos coluna e músculos é de aproximadamente 30 kg, equivalente a uma criança de 10 anos pendurada em seu pescoço.

Considere que, em média, uma pessoa mantém essa posição ao usar o celular por um período de 2 a 4 horas diárias, número maior no caso dos adolescentes. Nessas circunstâncias, de acordo com o médico, o desgaste das estruturas do pescoço, coluna e costas pode resultar em lesões que necessitam de intervenção cirúrgica.

O assunto já foi tema de reportagem do Jornal Nacional. Veja a matéria no vídeo abaixo.

Como evitar 

Para se proteger desses males da contemporaneidade, a melhor dica é exercitar uma boa postura. Para isso, você precisa manter sua cabeça erguida, suas orelhas alinhadas com os ombros e as omoplatas relaxadas.

Mas, se precisar usar aparelhos dessa natureza para trabalho, algumas dicas do Departamento de Segurança e Saúde Ambiental da Universidade de Stanford podem reduzir os efeitos negativos da postura ruim. Confira:

1 Não use seu celular ou tablet para atividades extensas;

2 Use seu computador (desktop ou laptop) para trabalho extenso, mas garanta que esses equipamentos estejam dispostos de maneira ergonomicamente correta;

3 Quando for usar o celular, ao invés de inclinar a cabeça para baixo, traga o aparelho para o nível dos seus olhos;

4 Com o celular a elevado, deixe a tela alinhada ou somente um pouco abaixo do seu rosto.

“Com o alinhamento correto, o desgaste da coluna diminui. É a posição mais eficiente para a coluna”, afirmou o dr. Hanraj, adicionando que esse hábito, além de trazer vários benefícios físicos, pode também contribuir para melhorar o humor e a qualidade de vida no geral.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter