Um homem de 42 anos foi preso, no Retiro do Bosque, em Aparecida de Goiânia, suspeito de ser chefe de uma quadrilha especializada em roubo a bancos.

Além da prática do roubo, a quadrilha também violentou vítimas durante os crimes.

Segundo informações do Comando de Policiamento Especializado (CPE), o detido foi responsável por roubos em agências do Tocantins e Pará.

A quadrilha teria violentado diversas vítimas durante a última ação em um motel de Augustinópolis (TO).

No momento da prisão, a polícia também relatou que o suspeito colocou a própria esposa na frente da equipe policial.

Além do CPE, policiais civis de Tocantins também participaram da prisão, que foi feita na última quarta-feira, 30.

O suspeito possui passagens por roubo, receptação e estupro (artigos 157, 180 e 213 do código penal).

Homem é morto a tiros no Jardim Tropical, em Aparecida


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook