Colaboradora da JBS continua internada após inalar substância tóxica

Colaboradora permanece internada após inalar substância tóxica| Foto: Divulgação
Colaboradora permanece internada após inalar substância tóxica| Foto: Divulgação

Uma colaboradora do frigorífico da JBS de Senador Canedo permanece internada no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo)  para “terapia de suporte e observação”, diz boletim médico divulgado no final da manhã desta quarta-feira, 21.

Os funcionários foram conduzidos para a unidade de saúde após sofrerem uma intoxicação por inalação de amônia. Conforme autoridades, um cano externo da empresa teria sido rompido, o que causou o vazamento do gás.

LEIA MAIS: Secundaristas realizam manifestação em colégios estaduais de Goiânia e Aparecida

Por meio de nota a empresa JBS afirmou que incidente foi causado por falha operacional “fora dos padrões de procedimento definidos pela Companhia” e que as atividades serão retomadas  normalmente nesta quarta-feira, após vistoria do Corpo de Bombeiros, que verificou que não há mais vestígio do gás tóxico.

A JBS afirmou ainda que prestou toda assistência aos colaboradores atingidos pelo vazamento.

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook