Coluna Na Marca do Pênalti – Se perder, Goiás verá Série B de perto

 

Na marca do Pênalti

Vencer ou vencer. Essa é a condição do Goiás para o duelo desta quinta-feira (15) contra o Corinthians, simplesmente o líder do campeonato.

Se já não bastasse a dificuldade do adversário, ainda tem o fator casa (o jogo será em Itaquera) e o fato de o time paulista estar pressionado por causa da vitória do Atlético/MG, segundo colocado no Brasileirão.

Sai o 4-3-3 e vem o 4-4-2

Artur Neto resolveu mexer no time. Nada de três atacantes. Agora são apenas dois e três homens de marcação no meio. O esquema mais precavido não é apenas por causa do adversário de logo mais.

Verdão precisa vencer para sair do Z-4 (Foto: site Goiás)
Verdão precisa vencer para sair do Z-4 (Foto: site Goiás)

Os últimos jogos mostraram que o Goiás não é eficiente com três atacantes e não sabe se defender com o meio exposto. A outra mudança é na lateral esquerda. Diogo Barbosa entra no lugar do “lento” Rafael Foster, muito mal na última partida, principalmente no setor defensivo.

Por fim, Felipe Macedo volta à zaga. Não dá pra chamar de reforço, mas o jogador tem sido titular do time, o que evidencia a falta de jogadores no elenco esmeraldino.

A situação do clube é crítica. Com os jogos desta quarta-feira (13), o time caiu mais uma posição e agora é o 18º na tabela.

Em um confronto que a derrota é certa, a equipe goiana ganhou a obrigação de vencer para sair do Z-4. Se perder, o que é natural, a Série B já será vista de mais perto.

Comentários do Facebook