Coluna Na Marca do Pênalti – Libertadores: a sorte do Corinthians e o azar dos outros

Na marca do Pênalti

Chegou ao fim a fase de grupos da Copa Libertadores e os cinco times brasileiros, todos classificados, chegam fortes para o mata-mata.

Derrota positiva

Classificado em primeiro lugar no grupo considerado como o da morte, o Corinthians foi beneficiado pela derrota para o São Paulo. Apesar de ter perdido a invencibilidade na competição e na temporada, com o resultado o Timão vai enfrentar o fraco e inexpressivo Guarani, do Paraguai.

São Paulo venceu o Corinthians e se classificou (Foto: Site São Paulo)
São Paulo venceu o Corinthians e se classificou (Foto: Site São Paulo)

Confrontos nacionais

Já o São Paulo, que deixou para mostrar futebol apenas no último jogo, pode ter se complicado nas oitavas de final. O time terá como adversário o Cruzeiro. Um confronto brasileiro logo de cara não é algo muito recomendável.

O São Paulo, de todos os problemas que tem, precisa resolver um: o treinador. Ou fecha com alguém imediatamente, ou efetiva Milton Cruz.

O Cruzeiro passou em primeiro, mas está longe de ser o time que encantou o país com o bicampeonato do Brasileirão. O time tem problemas e limitações. Vai fazer uma disputa equilibrada contra o tricolor.

Galo sendo Galo

O Galo mais uma vez mostrou a força do Independência e se classificou com toda a emoção que lhe é característica na Libertadores.

Jogadores do Galo comemoram gol contra Colo Colo (Foto: Site Atlético/MG)
Jogadores do Galo comemoram gol contra Colo Colo (Foto: Site Atlético/MG)

Precisava fazer 2 a 0 contra o Colo Colo, no confronto direto, e fez. Foi assim que o time conseguiu o título de campeão em 2013.

Sem muito esforço, o Internacional passou e vai fazer o segundo confronto brasileiro dessa fase mata-mata. Vai enfrentar o Galo. Promete ser uma disputa equilibrada.

Comentários do Facebook