Concurso do TRF tem vagas para Goiás, DF e vários Estados com salários de R$ 10 mil

Inscrições seguem até 3 de outubro | Foto: Reprodução
Inscrições seguem até 3 de outubro | Foto: Reprodução

Divulgado em setembro, o edital do concurso para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF 1ª Região) preencherá vagas para nível médio e superior. As inscrições já estão abertas e os salários ultrapassam R$ 10 mil. Confira o edital na íntegra.

Com jurisdição sobre o Distrito Federal e os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins, o TRF 1ª Região selecionará 20 candidatos para os cargos de Técnico Judiciário e Analista Judiciário.

As inscrições seguem até 3 de outubro, pelo site da banca Cespe, e custam R$ 75,00 para nível médio e R$ 86,00 para nível superior.

LEIA MAIS: Câmara de Goiânia convoca últimos aprovados e anuncia concurso para 2017

Vagas

Para o cargo de Analista Judiciário, serão abarcadas as áreas Administrativa, Judiciária e de Apoio Especializado. No caso da Judiciária, há a especialidade de Oficial de Justiça Avaliador Federal. Para Apoio Especializado, há as especialidades de Informática e Taquigrafia. A remuneração oferecida é R$ 10.461,90, para uma jornada de 40 horas semanais.

Já para Técnico Judiciário, as chances são para as áreas Administrativa e de Apoio Especializado (Taquigrafia). Para a Administrativa, há vagas também na Especialidade de Segurança e Transporte. A remuneração oferecida para o posto é de R$ 6.376,41, com jornada de 40 horas semanais.

Provas

As fases objetiva e discursiva (apenas para nível superior) serão realizadas em 26 de novembro. Para cargos específicos, também haverá prova prática de apanhamento taquigráfico e prova de aptidão física.

As provas serão aplicadas nas cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Boa Vista (RR), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Goiânia (GO), Macapá (AP), Manaus (AM), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC), Salvador (BA), São Luís (MA) e Teresina (PI).

Acompanhe o Folha Z no Facebook, Instagram e Twitter

Comentários do Facebook