2 morrem e 1 foge em confronto com a Rotam em Valparaíso de Goiás

Após denúncia anônima de tráfico de drogas, policiais ainda descobriram que os suspeitos mantinham uma mulher em cárcere privado havia dias

Dois homens morreram e 1 segue foragido após confronto com a Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) em Valparaíso de Goiás.

A ocorrência foi registrada neste domingo (5).

De acordo com a Polícia Militar (PM), os suspeitos mantinham uma mulher em cárcere privado havia 3 dias.

Denúncia anônima

Os policiais chegaram até a casa depois de uma denúncia anônima de que no local era realizado tráfico de drogas.

Ainda conforme a PM, a equipe foi recebida a tiros no endereço indicado.

Na troca de tiros, o trio fugiu e invadiu uma casa vizinha, que pertence a um casal de idosos.

Os 2 suspeitos alvejados foram socorridos, mas morreram no local. Já o 3º homem fugiu.

Cárcere privado

A vítima de cárcere privado informou à Rotam que estava presa havia dias e sofria abusos sexuais. A polícia disse que ela apresentava estado de confusão mental.

Socorrida, ela foi encaminhada a um hospital de Brasília e ainda não prestou depoimento.

Após o confronto, a PM apreendeu 2 revólveres calibre 38, 1,5 kg de maconha e R$ 4,9 mil em dinheiro.

produtos apreendidos Rotam Valparaíso de Goiás
Objetos apreendidos pela Rotam na ocorrência | Foto: Divulgação/PM

Grávida com coronavírus morre durante parto e bebê vai para a UTI


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook