Conta de água ficará mais cara a partir do mês que vem em Goiás

Conta de água pode pesar no bolso do goiano (Foto: Reprodução)
Conta de água pode pesar no bolso do goiano (Foto: Reprodução)

Um reajuste médio de 9,16% na conta de água em Goiás foi calculado e aprovado pela Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR).

Medida compõe o reajuste anual previsto em lei e a porcentagem foi calculada com base nos custos da Saneago entre janeiro e dezembro de 2015. Maior vilão do aumento foi o Índice de Preço do Consumidor Amplo e o índice de investimentos da empresa no ano passado.

LEIA MAIS: Vice-prefeito quer prisão de Paulo Garcia

Segundo o superintendente de comunicação da Saneago Luiz Novo, devem ser destacados os investimentos feitos pela empresa, que garantem o abastecimento às residências.

IPC

Entre os mais importantes recursos disponibilizados pelo IBGE, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) mede a variação de preços de um conjunto fixo de bens e serviços componentes de despesas habituais de famílias com nível de renda situado entre 1 e 33 salários mínimos mensais.

Comentários do Facebook