Corpo da gerente Fernanda de Souza Silva, de 33 anos, estava enterrado na zona rural entre Piracanjuba e Caldas Novas | Foto: Divulgação / PC
Corpo da gerente Fernanda de Souza Silva, de 33 anos, estava enterrado na zona rural entre Piracanjuba e Caldas Novas | Foto: Divulgação / PC

Encontrado na madrugada desta 5ª feira (20), o corpo da gerente de hipermercado desaparecida desde o último dia 12 foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Aparecida de Goiânia.

De acordo com a Polícia Civil, o corpo de Fernanda de Souza Silva, de 33 anos, e roupas que estavam no local foram encaminhados para análise.

Foi o namorado da vítima, preso sob suspeita do crime, quem indicou aos investigadores a localização, na zona rural entre Piracanjuba e Caldas Novas.

À PC, ele também confessou ter matado a gerente na noite do último dia 13 de fevereiro após uma discussão.

“Ele a levou para a zona rural de Bela Vista, deu um mata leão nela, a sufocou. Na hora que ela apagou, ele finalizou com uma paulada”, afirmou o delegado Antônio André Santos Júnior.

Naquela mesma noite, ele teria viajado com o corpo por cerca de 40 km, 15 deles em estrada de chão, até o local onde o queimou e enterrou.

“Ele confidenciou que foi tomado por um sentimento de ódio profundo e que cometeu esse ato bárbaro”, apontou o delegado.

Diligência da Polícia Civil para localizar corpo teve que viajar por cerca de 40 km | Foto: Divulgação / PC
Diligência da Polícia Civil para localizar corpo teve que viajar por cerca de 40 km | Foto: Divulgação / PC

Polícia divulga novas imagens da busca pelo corpo da gerente Fernanda

Preso

O jovem de 25 anos foi preso na última 3ª feira (18), no Tocantins, tentando usar uma carteira de motorista falsa para enganar a polícia.

Segundo a investigação, o suspeito afirmou que o relacionamento entre ele e a vítima durou menos de 1 mês e que as discussões foram motivadas por ciúmes que a namorada tinha dos filhos dele.

Encontrado na zona rural de Bela Vista, o carro da gerente foi periciado na última 4ª feira (19).

Preso suspeito de estuprar companheira no Cândido de Queiroz


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook