Corrupção na sala de aula – JOGO LIMPO com Rodrigo Czepak

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Acre terá aula sobre corrupção para crianças e adolescentes (Foto: Ilustrativa)
Acre terá aula sobre corrupção para crianças e adolescentes (Foto: Ilustrativa)

Corrupção na sala de aula

Aprovada pelo Legislativo e sancionada pelo Executivo, uma lei incluiu no currículo das escolas de ensino fundamental e médio do Acre a seguinte disciplina em 2016: “Política, politicagem e conscientização sobre a corrupção”. Salutar, a iniciativa obteve o respaldo do Tribunal e da Procuradoria de Justiça do estado comandado por Tião Viana (PT). O êxito da teoria somente será completo se a prática das autoridades acreanas não descambar para escândalos de corrupção.

Pimenta nos olhos dos outros

Os defensores de uma abordagem ampla e transparente sobre a corrupção no país geralmente estufam o peito para expor as mazelas de terceiros, quanto mais distantes melhor. Operações da Polícia Federal, como a Lava Jato, são as mais comentadas. Qual não seria a surpresa se os professores das escolas públicas do Acre fossem obrigados a discutir com os alunos mazelas cometidas no próprio Estado. Eis o motivo para aplaudir a iniciativa e acreditar que a matéria não só tenha longevidade como seja copiada por outros estados. Afinal, sonhar é possível.

Carla Verde, mulher que assumiu ser a "culpada" dos ciúmes de Ivete (Foto: Reprodução)
Carla Verde, mulher que assumiu ser a “culpada” dos ciúmes de Ivete (Foto: Reprodução)

Ninguém merece

Aí você volta de breve recesso das festas de fim de ano e a sequência de notícias, algumas de nível duvidoso, amplia a vontade de esticar as férias até o carnaval. Vamos a elas:

– A irreverente Ivete Sangalo puxou a orelha do marido durante show e conseguiu duas proezas: aumentar o interesse pelo companheiro e garantir alguns minutos de fama para a suposta adversária e futura peladona do momento. O ciúme realmente cega;

LEIA: Mulher que causou ciúmes em Ivete Sangalo fala sobre posar nua

– Polícia Militar de Goiás divulga ter realizado mais de 1 MILHÃO de abordagens em 2015. Algo tão comum como a Associação dos Caminhoneiros informar quantas vezes seus filiados trocaram de marcha ao longo do ano;

– Deixem, por favor, a senhora Zilú e o sobrenome Camargo em paz! Tudo bem que ex de Zezé adora aparecer, mas o interesse por sua vida pessoal já passou dos limites;

Presidente da Comurg desde novembro de 2015, Edilberto de Castro (Foto: Valdemy Teixeira)
Presidente da Comurg desde novembro de 2015, Edilberto de Castro (Foto: Valdemy Teixeira)

– Companhia Municipal de Urbanização (Comurg) exagera, e muito, no discurso de “embelezamento de Goiânia”. O cidadão aguarda, primeiro, que a cidade seja efetivamente desencardida. Lixo, entulho e mato alto integram o cenário atual;

– Até quando a Caixa Econômica Federal (CEF) continuará dando desculpas sobre os sucessivos erros nos seus sorteios de loterias? Um dos mais gritantes, e que virou ação do Procon/RJ, foi a divulgação indevida de R$ 280 milhões como prêmio pela Mega da Virada. Em qualquer país sério haveria um boicote dos apostadores.

– Empresários do transporte coletivo da Região Metropolitana de Goiânia voltaram a utilizar a velha estratégia de reivindicar aumento de 50 centavos no valor da passagem – de 3,30 para 3,80. O usuário, desta forma, ficará “satisfeito” se o reajuste ficar entre 3,50 e 3,70.

Comentários do Facebook