CPI do BNDES deve pegar pesado com a JBS

jbsO relatório final da CPI do BNDES, em especial a parte que tratará da área de “contratos internos” do banco de fomento, promete pegar pesado com a empresa frigorífica JBS.

“Tinha um diretor da empresa que vivia fazendo lobby no Congresso e, após o início da comissão, simplesmente desapareceu”, afirmou o deputado federal por Goiás, Alexandre Baldy (PSDB), sub-relator do parecer.

Haverá reunião da Comissão no dia 2 de fevereiro de 2016 para apresentação de relatórios setoriais, no dia 3 para leitura do relatório final e início da discussão e, uma quinta-feira, para discussão do relatório final. Os trabalhos da CPI serão encerrados no dia 18 de fevereiro.

 

Comentários do Facebook