Como denunciar som alto em Aparecida | Foto: Ascom / PM
Como denunciar som alto em Aparecida | Foto: Ascom / PM

Essa matéria foi atualizada às 16h30 depois que a Prefeitura de Aparecida forneceu novos números de telefone da Semma e repassou informações sobre as equipes de fiscalização da pasta.

Moradores procuraram a Folha Z para reclamar da dificuldade para denunciar casos de perturbação do sossego por conta de som alto em Aparecida.

Para atender a essas demandas, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semma) oferece 2 possibilidades: telefones fixos (3238-7220  e 3238-7212) e um chat 24h por meio do WhatsApp (9 8459-1661).

Porém, a situação de quem precisa de atendimento não é fácil.

De acordo com um morador que preferiu não se identificar, uma festa em uma residência no setor Belo Horizonte tirou o sono da vizinhança durante a noite de sábado, 21.

Acionada por meio do WhatsApp, a Semma solicitou o endereço da reclamação, mas não compareceu ao local.

Segundo o morador, não foi a 1ª vez que sua família buscou o socorro do disque-denúncia e ficou “na mão”.

E a situação não é exclusividade do setor Belo Horizonte.

Em uma postagem da Folha Z que anuncia o canal de denúncias da Semma, publicada em abril de 2019, vários leitores comentaram a dificuldade de conseguir atendimento.

A maioria aponta para a completa ausência de resposta dos canais disponibilizados.

Moradores reclamam de canais de denúncia da Semma pelo telefone e pelo WhatsApp | Foto: Genésio Carneiro
Moradores reclamam de canais de denúncia da Semma pelo telefone e pelo WhatsApp | Foto: Genésio Carneiro

Para averiguar a situação, a reportagem tentou acionar a secretaria por meio dos 3 contatos disponibilizados durante todo o último fim de semana (do dia 20/12 ao dia 22/12).

O resultado não foi diferente daquele apontado pelos leitores.

Por meio do WhatsApp, uma “conta comercial”, não respondeu a nenhuma das mensagens enviadas, apesar de permanecer online a maior parte do tempo.

Já por meio dos telefones fixos, nenhuma das ligações feitas ao longo dos 3 dias foi completada.

Resposta da Semma

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Aparecida afirmou que as chuvas registradas nos últimos dias resultaram em uma queda no sistema de telefonia interna da pasta.

Segundo o comunicado, os atendimentos já foram normalizados às 14h desta segunda, 23.

Confira a íntegra da nota:

“A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Aparecida explica que houve uma queda no sistema de telefonia interna, decorrente às chuvas, permanecendo assim durante todo o final de semana. A secretaria informa que até às 14h os atendimentos voltam a ser normalizados. Em relação às denúncias a Semma orienta que primeiramente seja feito o registro, por meio do WhatsApp ou telefones fixos. A secretaria reitera que as festividades sejam sempre realizadas com bom senso.”

Atualização

Após a publicação dessa matéria, a Secretaria de Comunicação enviou nova nota para informar que os contatos de denúncias à Semma foram alterados após a mudança da secretaria para a Cidade Administrativa.

Além disso, o comunicado relatou que que 5 equipes, compostas por 1 motorista e 2 fiscais cada, atuam nos plantões de finais de semana e feriados para averiguar as reclamações.

Confira a íntegra do texto:

“A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMMA) informa que cinco equipes, compostas por um motorista e dois fiscais cada, atuam nos plantões de finais de semana e feriados. Sobre os telefones para denúncias na SEMMA, os contatos foram alterados após a mudança da secretaria para a Cidade Administrativa. Os telefones corretos são: 3238-7220 / 3238-7212 / 98159-1661 (Whatsapp). A secretaria explica que houve uma queda no sistema de telefonia interna, decorrente às chuvas, permanecendo assim durante todo o final de semana, mas já está normalizado.”

Goiânia proíbe fogos de artifício e shows pirotécnicos com barulho


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook