Desempregada devolve R$ 2 bilhões recebidos por engano em Anápolis

É o 2º caso de fortunas depositadas em contas de clientes de bancos em Goiás. O 1º comprou um Prosche. Essa mãe de trigêmeas resolveu devolver a bolada. E você, o que faria?

Desempregada, Leizimar Silva Triers, 35 anos, é casada com Mailton, com quem tem 4 filhas. Ela devolveu os bilhões sem pensar duas vezes | Foto: Arquivo Pessoal/Rachel Veloso
Desempregada, Leizimar Silva Triers, 35 anos, é casada com Mailton, com quem tem 4 filhas. Ela devolveu os bilhões sem pensar duas vezes | Foto: Arquivo Pessoal/Rachel Veloso

Mãe de trigêmeas, uma desempregada recebeu R$ 2 bilhões por engano em sua conta no banco em Anápolis.

Foi no dia 13 de abril que Leizimar Silva Triers se surpreendeu com a quantia ao consultar seu extrato bancário.

Na conta, antes, havia um saldo negativo de R$ 470. E, de repente, o valor subiu para R$ 2,28 bilhões.

Ao G1, a mulher contou que não teve dúvidas antes de decidir procurar a Caixa Econômica Federal para devolver o dinheiro.

Por meio de nota, a Caixa informou que uma inconsistência no sistema impactou o demonstrativo de saldo de alguns clientes naquela data.

Porém, o banco ressaltou que, de toda maneira, a mulher não poderia movimentar a quantia, apenas visualizá-la em seu saldo.

Na conta, antes, havia um saldo negativo de R$ 470. E, de repente, o valor subiu para R$ 2,28 bilhões | Foto: Reprodução
Na conta, antes, havia um saldo negativo de R$ 470. E, de repente, o valor subiu para R$ 2,28 bilhões | Foto: Reprodução

Nota da Caixa sobre bilhões na conta de cliente em Anápolis

“A Caixa informa que no dia 12 de abril houve uma inconsistência no sistema, que impactou o demonstrativo de saldo de alguns clientes naquele fim de semana.

O banco esclarece que tal impacto ficou restrito à visualização do saldo, não tendo sido possível a realização de saques indevidos no período.

A Caixa ressalta que, caso se constate eventual prejuízo de algum cliente por conta do ocorrido, o devido ressarcimento será realizado.

Assim, a Caixa orienta o cliente a procurar a agência de relacionamento para a devida apuração.”

Empresário compra Porsche Goiânia
Empresário que comprou o Porsche, em Goiânia, é investigado pela polícia | Foto: Divulgação

Prosche

Também em abril passado, um empresário de Goiânia recebeu R$ 18 milhões por engano em sua conta bancária.

Mas ele não teve a mesma atitude da anapolina.

Dono de um restaurante, ele usou parte do dinheiro para comprar um Porsche modelo Boxster, avaliado em aproximadamente R$ 280 mil.

A transação chamou a atenção das autoridades policiais e a PC acabou apreendendo o carro.

Agora, ele responde por apropriação indevida e lavagem de dinheiro.

R$ 18 mi caem por engano em conta de empresário, que compra Porsche


Acompanhe o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook