Empresário denuncia aumento de casos de dengue na Vila União

Cristiano Caixeta diz não ver há muito tempo agentes de saúde para combater o mosquito
Cristiano Caixeta diz não ver há muito tempo agentes de saúde para combater o mosquito

No setor, vizinho ao Jardim América, comerciantes têm lutado contra o mosquito e a doença

Por Francisco Costa

O empresário Cristiano Caixeta, morador da Vila União, bairro vizinho ao Jardim América, relatou um problema sério. Segundo ele, nas últimas semanas têm aumentado os casos de dengue na região.

Cristiano está preocupado, pois o setor é repleto de crianças. “Tivemos uns três ou quatro casos recentemente. Outro problema é que temos visto uma quantidade enorme de mosquitos, mesmo nas lojas”.

Dentre os problemas acusados pelo empresário está o acúmulo de lixo. Ele também diz que há muito tempo não vê agentes de saúde combatendo o problema e nem mesmo os caminhões “fumacê”.  “É uma situação complicada”, afirma o empresário.

Prefeitura

De acordo com o site da prefeitura de Goiânia, mais de 50% dos setores têm índices inferiores a 1% de dengue – quantidade aceitada pelo Ministério da Saúde. Os dados são do Levantamento Rápido de Índice de Infestação Predial (Lira), realizado no fim de maio.

Porém, no restante dos bairros, a situação ainda tem índices acima do aceitável. Por isso, na última quinta-feira, 29, a Secretaria Municipal de Saúde da capital começou uma ação especial de combate à doença em 13 bairros.

Segundo a lista abaixo, o setor do empresário Cristiano Caixeta ainda terá de esperar.

“Tivemos uns três ou quatro casos recentemente. Outro problema é que temos visto uma quantidade enorme de mosquitos, mesmo nas lojas”.
“Tivemos uns três ou quatro casos recentemente. Outro problema é que temos visto uma quantidade enorme de mosquitos, mesmo nas lojas”.

Os bairros com maiores índices encontrados são:

– Vila Santa Helena (2,8%)

– Vila Nova (3%)

– Setor Universitário (3%)

– Conjunto Aruanã (2%)

– Setor Novo Mundo (3,6%)

– Recanto das Minas Gerais (2%)

– Jardim América (2,1%)

Quase 50% dos bairros da capital tem índices altos de dengue
Quase 50% dos bairros da capital tem índices altos de dengue

– Setor Bueno (2,1%)

– Setor Marista (3,5%)

– Setor Sul (3,5%)

– Setor Oeste (3,5%)

– Madre Germana I e II (2,5%)

– Setor Urias Magalhães (4,8%)

Comentários do Facebook