Empresário foi detido durante fiscalização da covid-19 no Garavelo, em Aparecida | Foto: Reprodução
Empresário foi detido durante fiscalização da covid-19 no Garavelo, em Aparecida | Foto: Reprodução

Um empresário foi detido na tarde desta 5ª feira (18) durante fiscalização de rotina no funcionamento do comércio no Garavelo, em Aparecida.

De acordo com os fiscais do município, uma arma de fogo irregular foi encontrada no local.

Loja de artigos militares foi interditada pela fiscalização | Foto: Reprodução
Loja de artigos militares foi interditada pela fiscalização | Foto: Reprodução

Além disso, ainda segundo os fiscais, o empresário não tinha alvará de funcionamento para a sua empresa, uma loja de artigos militares na Avenida Liberdade.

Detido por agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), o homem foi encaminhado ao 4º Distrito Policial de Aparecida, onde foi lavrado o boletim de ocorrência.

Após prestar esclarecimentos, ele foi liberado.

Comerciante foi encaminhado para o 4º DP | Foto: Reprodução
Comerciante foi encaminhado para o 4º DP | Foto: Reprodução

Fiscalização

Cerca de 800 agentes estão nas ruas de Aparecida diariamente para fiscalizar o cumprimento das medidas de combate à covid-19 na cidade.

Além do escalonamento regional, os estabelecimentos também precisam de um alvará de funcionamento, assinando um Termo de Compromisso Sanitário Provisório disponibilizado gratuitamente na plataforma Retomada Responsável.

As empresas também devem cumprir determinações gerais, como evitar aglomerações nos estabelecimentos, uso obrigatório de máscaras para clientes e funcionários, e disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos.

As sanções para as empresas que ignorarem o escalonamento podem variar de interdição preliminar (sendo obrigadas a fechar as portas no dia da escala) a multa no valor aproximado de R$ 580 e, em último caso, na cassação do alvará de funcionamento.

Assessores afastados não estão com covid-19, garante Gleison Flávio


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook