O governo do Estado de São Paulo confirmou na tarde desta 3ª feira, 25, que um empresário de 61 anos, que esteve na Itália recentemente, está sendo monitorado pela suspeita de ter contraído o novo coronavírus.

O 1º exame realizado no paciente, feito no Hospital Israelita Albert Einstein, deu positivo.

Uma contraprova será divulgada na manhã desta 4ª feira, 26, pelo Instituto Adolfo Lutz, laboratório de referência nacional.

Se confirmado, o caso será o 1º registro da doença no Brasil.

Homem esteve na Itália

De acordo com as informações repassadas à imprensa, o empresário viajou a trabalho para a região da Lombardia, norte da Itália, entre 9 e 21 de fevereiro.

O Ministério da Saúde informou que o empresário apresentou após a viagem sintomas semelhantes com a suspeita do novo coronavírus: tosse seca, febre, dor de garganta e coriza.


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook