Motoristas de vans escolares querem atuar no transporte de colaboradores de empresas com mais de 15 funcionários em Aparecida | Foto: Montagem/FZ
Motoristas de vans escolares querem atuar no transporte de colaboradores de empresas com mais de 15 funcionários em Aparecida | Foto: Montagem/FZ

Representantes do transporte escolar garantem que a categoria está apta a atuar no deslocamento de funcionários de empresas com grande número de colaboradores em Aparecida.

O tema foi discutido em reunião com o presidente da Aciag (Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia), Leopoldo Moreira, com o vice-prefeito Veter Martins e com vereador André Fortaleza.

Segundo a categoria, boa parte das empresas ainda não se adaptou às determinações impostas para a reabertura do comércio da cidade no dia 28 de abril.

Uma das condições é que as empresas com mais de 15 funcionários em seu plantel que utilizem o transporte público são responsáveis pelo transporte desses servidores.

De acordo com Marquinho da Van, os veículos do transporte escolar, que estão parados devido ao fechamento dos colégios, poderiam atender essa demanda.

“Solicitamos que as empresas do Polo Empresarial e de outras localidades de Aparecida contratem vans escolares, como estabelece o decreto municipal”, afirmou.

Os motoristas também esperam a liberação para atuarem no transporte público da Região Metropolitana da Capital.

Representantes do transporte escolar (Valdinon Cardoso, Robson Ribeiro e Marquinho da Van) em reunião com Veter Martins, Leopoldo Moreira e André Fortaleza | Foto: Divulgação
Representantes do transporte escolar (Valdinon Cardoso, Robson Ribeiro e Marquinho da Van) em reunião com Veter Martins, Leopoldo Moreira e André Fortaleza | Foto: Divulgação

Motoristas de vans de Aparecida querem atuar no transporte coletivo


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook