Escalonamento do comércio em Aparecida começa na 2ª feira (8) | Foto: Wigor Vieira
Escalonamento do comércio em Aparecida começa na 2ª feira (8) | Foto: Wigor Vieira

O escalonamento do comércio em Aparecida de Goiânia, que começará na 2ª feira (8), sofreu alterações no funcionamento de 6 macrozonas da cidade.

As macrozonas Centro e Expansul não abrem na 4ª feira; Santa Luzia e Papillon Park fecham às quintas; já as macrozonas Cidade Livre e Buriti Sereno, às sextas.

Segundo a Prefeitura de Aparecida, a mudança se deu por motivos técnicos.

Escalonamento do comércio (veja os infográficos abaixo)

A cada dia da semana, duas macrorregiões serão fechadas para evitar a circulação de pessoas nas ruas e aumentar o isolamento social.

De acordo com a prefeitura, o objetivo é ampliar o isolamento social, alcançando a meta de 50% recomendada pela OMS.

As 10 macrorregiões foram divididas em Jardim Alto Paraíso, Vila Brasília, Buriti Sereno, Expansul, Papillon Park, Santa Luzia, Zona da Mata, Centro, Cidade Livre e Garavelo.

Nas segundas-feiras, serão fechados os comércios, inclusive os essenciais como farmácias, padarias, distribuidoras e supermercados, nas macrorregiões da Vila Brasília e Jardim Alto Paraíso.

Toda 3ª, não funcionarão os estabelecimentos das macrorregiões Garavelo e Zona da Mata. Já às quartas, ficarão sem abrir os comércios das macrorregiões Centro e Expansul.

Santa Luzia e Papillon Park não abrirão nas quintas. Por fim, toda 6ª, ficam fechados os estabelecimentos da região Cidade Livre e Buriti Sereno.

Os sábados e domingos não entram neste primeiro cenário do escalonamento, podendo abrir normalmente.

Contudo, a prefeitura alerta aos comerciantes para se atentarem aos moldes do alvará de liberação de funcionamento, de acordo com cada CNPJ.

Shoppings

Buriti Shopping, na Avenida Rio Verde | Foto: Claudivino Antunes
Foto: Claudivino Antunes

Liberados a partir desta 6ª feira (5), os shoppings também entrarão no rodízio.

O Aparecida Shopping, no Setor Serra Dourada, na macrozona do Centro, ficará fechado todas as quartas-feiras, de acordo com escalonamento.

Já o Buriti Shopping, na Vila São Tomaz, na macrozona da Vila Brasilia, ficará fechado toda as segundas-feiras.

Exceções

A exceção é apenas para hospitais, órgãos públicos e concessionários de serviços públicos , segurança pública e privada e atividades religiosas, que já cumprem rodízio.

Funerárias, indústrias dos Pólos Industriais com mais de 15 trabalhadores que fornecerem transporte e as feiras (que terão regras próprias com rodízio) também são exceção.

Fiscalização

Para garantir o cumprimento da medida, a Prefeitura de Aparecida aumentou de 500 para 800 o número de servidores que atuam na fiscalização orientativa e ostensiva do município.

Os 300 novos profissionais designados para essa atividade começarão a trabalhar nesta 2ª, em conjunto com as equipes que já atuam nas fiscalizações desde o dia 28 de abril.

Continua não permitido o funcionamento de Academias, Arenas de Esporte, Galerias, Bares, Restaurantes, sendo permitidos esses últimos apenas em forma de delivery.

Eventos também continuam suspensos.

Seu vizinho está queimando lixo em Aparecida? Ele pode ser multado


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook