Falso mendigo mata empresário no Jardim dos Girassóis, em Aparecida | Foto: Reprodução/Câmeras de Vigilância
Falso mendigo mata empresário no Jardim dos Girassóis, em Aparecida | Foto: Reprodução/Câmeras de Vigilância

Um empresário de 38 anos foi morto a tiros em frente à própria casa, no Jardim dos Girassóis, em Aparecida, por um homem disfarçado de mendigo.

A ocorrência foi registrada no sábado, 4, e flagrada por câmeras de segurança.

🚨 ATUALIZAÇÃO: Um empresário de 38 anos foi morto a tiros em frente à própria casa, no Jardim dos Girassóis, em Aparecida, por um homem disfarçado de mendigo. A ocorrência foi registrada no sábado, 4, e flagrada por câmeras de segurança. Francisco de Assis da Silva Júnior era dono de uma empresa de segurança que ficava na mesma rua da sua residência. Conforme é possível observar nas imagens, o autor se aproximou da casa da vítima empurrando uma bicicleta e se posicionou à espera do empresário. Quando Francisco saiu pelo portão, foi abordado e baleado. A vítima ainda tentou correr em busca de socorro, mas não resistiu aos ferimentos e caiu no chão, quando foi novamente alvejado. Antes de fugir, o assassino ainda subtraiu a arma portada pela vítima. Na sequência, é possível observar que o atirador se comunicou com outra pessoa no local, um possível comparsa. Em diligências na rua onde ocorreu o crime, policiais encontraram uma balaclava e uma manta. Agora, o caso é apurado pelo delegado Álvaro Melo Bueno, do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia. A motivação para o assassinato, porém, ainda é desconhecida.

null

Francisco de Assis da Silva Júnior era dono de uma empresa de segurança que ficava na mesma rua da sua residência.

Conforme é possível observar nas imagens, o autor se aproximou da casa da vítima empurrando uma bicicleta e se posicionou à espera do empresário.

Quando Francisco saiu pelo portão, foi abordado e baleado.

A vítima ainda tentou correr em busca de socorro, mas não resistiu aos ferimentos e caiu no chão, quando foi novamente alvejado.

Francisco de Assis da Silva Júnior | Foto: Arquivo Pessoal
Francisco de Assis da Silva Júnior | Foto: Arquivo Pessoal

Desfecho e investigação

Antes de fugir, o assassino ainda subtraiu a arma portada pela vítima.

Na sequência, é possível observar que o atirador se comunicou com outra pessoa no local, um possível comparsa.

Em diligências na rua onde ocorreu o crime, policiais encontraram uma balaclava e uma manta.

Agora, o caso é apurado pelo delegado Álvaro Melo Bueno, do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia.

A motivação para o assassinato, porém, ainda é desconhecida.

Suspeito de estuprar criança na capital é espancado e foge


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook