Feira Hippie | Foto: Divulgação/Prefeitura de Goiânia
Feira Hippie | Foto: Divulgação/Prefeitura de Goiânia

A Associação de Feirantes da Feira Hippie estuda a possibilidade de transferir suas atividades para Aparecida de Goiânia.

Isso porque a categoria está insatisfeita com as restrições impostas pela Prefeitura de Goiânia para o funcionamento.

Em reunião na 2ª feira (3), não houve acordo entre feirantes e Executivo e manteve-se a determinação de que a feira só poderá operar aos sábados e domingos.

A Associação, porém, argumenta que as vendas às sextas-feiras representam parte significativa do faturamento de todo o fim de semana.

Com restrições, a Feira Hippie tem permissão para funcionar desde o dia 21 de julho. No entanto, como protesto, as bancas não foram montadas nas 2 últimas semanas.

Agora, a prefeitura da capital comprometeu-se a analisar uma eventual liberação da sexta caso as medidas de segurança sanitária sejam cumpridas com diligência pelos feirantes.

Aparecida

Aparecida, por sua vez, tornou-se uma alternativa cogitada pelos representantes da Feira Hippie devido à flexibilização das medidas de restrição da pandemia empreendida pela prefeitura nas últimas semanas.

No final de junho, por exemplo, o município decidiu encerrar o escalonamento das feiras livres ou especiais com menos de 100 bancas.

Dessa maneira, cerca de 40 feiras poderão funcionar sem regime de alternância semanal entre filas pares e ímpares enquanto o cenário de risco da covid-19 se mantiver no estágio amarelo.

LEIA MAIS 👉 sobre a flexibilização das atividades em Aparecida


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook