Fiscalização da covid-19 fechou 239 estabelecimentos que não estavam autorizados a funcionar em Goiânia | Foto: Divulgação/Prefeitura
Fiscalização da covid-19 já fechou centenas de estabelecimentos que não estavam autorizados a funcionar em Goiânia | Foto: Divulgação/Prefeitura

A fiscalização da covid-19 fechou 239 estabelecimentos que não estavam autorizados a funcionar em Goiânia de 30/04 a 08/06.

De acordo com balanço divulgado pela prefeitura, dados somam as ações realizadas diariamente e em operações especiais realizadas semanalmente em 18 localidades diferentes de Goiânia.

Segundo o Relatório Gerencial de Operações da Covid-19, já foram realizadas 6.044 vistorias na grande Goiânia nesses 40 dias.

Nesse período, as mais de 200 ordens de fechamentos foram motivadas por não cumprimento dos protocolos dos decretos municipais e estaduais, ou seja, estabelecimentos que não estavam autorizados a funcionar.

Além disso, 71 salas foram fechadas por descumprimento ao escalonamento de horário de abertura.

Foram registradas 1.519 notificações por descumprimento dos protocolos de segurança para funcionamento, como distanciamento social e capacidade de atendimento, uso de máscara, álcool gel e outros.

71 também salas foram fechadas por descumprimento ao escalonamento | Foto: Divulgação/Prefeitura
71 também salas foram fechadas por descumprimento ao escalonamento | Foto: Divulgação/Prefeitura

Ao todo, foram aplicados 30 autos de infração.

A Central registrou ainda a quantidade de estabelecimentos que estão cumprindo todas as normas: 4.206 não apresentaram nenhuma irregularidade.

Bueno e Jardim América

Na capital, os setores Bueno e Jardim América foram os “campeões” nos índices de ordens de fechamento por não cumprimento das normas dos decretos, com respectivamente 55 e 65 estabelecimentos fechados.

Os mesmos bairros estão entre os 4 com maior número de casos da civid-19 em Goiânia, sendo o setor Bueno o 1º colocado com 170 confirmações e o Jardim América, com 73, ocupa a 4ª colocação.

Campinas, tradicional região de comércio da capital, também chamou a atenção pela quantidade de multas, liderando o ranking, com 22 autuações.

Bueno e Jardim América foram os "campeões" nos índices de ordens de fechamento por descumprimento dos decretos | Foto: Divulgação/Prefeitura
Bueno e Jardim América foram os “campeões” nos índices de ordens de fechamento por descumprimento dos decretos | Foto: Divulgação/Prefeitura

Fiscalização

A Central de Fiscalização foi criada por decreto pelo prefeito Iris Rezende em 28 de abril.

As ações mobilizam mais de 100 auditores fiscais e tem participação de vários órgãos municipais e estaduais como: Secretaria Municipal da Saúde, Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação, Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade, Agência Municipal de Meio Ambiente e além de agentes da Guarda Civil Metropolitana de Goiânia, Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.

Aparecida: Descumprir lockdown acarreta multa e fechamento


Acompanhe tudo que acontece em Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook