Funcionária de UBS é morta com 4 tiros em Aparecida

Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que o suspeito baleou a vítima

Uma agente comunitária de saúde de 41 anos foi assassinada a tiros na noite da última quinta-feira, 14, em Aparecida de Goiânia.

Quatro disparos de arma de fogo foram feitos contra a mulher em uma distribuidora de bebidas no setor Parque das Nações.

Cristiene Silva trabalhava na UBS (Unidade Básica de Saúde) Campos Elísios.

O crime

Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que Cristiene, que conversava com outros clientes no local, é baleada pelo suspeito.

O homem, segundo testemunhas, chegou ao local em uma motocicleta dirigida por um comparsa e da mesma forma fugiu da cena do crime.

Agente comunitária de saúde, Cristiene Silva tinha 41 anos de idade | Foto: Arquivo Pessoal
Agente comunitária de saúde, Cristiene Silva tinha 41 anos de idade | Foto: Arquivo Pessoal

Agora, o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil investigará o caso.

Com licenciamento atrasado, 8 viaturas da GCM são retidas em blitz


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo o Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook