Gaiola das rainhas loucas e loiras – JOGO LIMPO com Rodrigo Czepak

Jogo Limpo com Rodrigo Czepak

Ex-BBB Ana Paula e apresentadora Xuxa Meneghel (Foto: Reprodução)
Ex-BBB Ana Paula e apresentadora Xuxa Meneghel (Foto: Reprodução)

Gaiola das rainhas loucas e loiras

No Dia Internacional da Mulher, momento oportuno para esmiuçar duas personagens que têm causado nas redes sociais: a ex-BBB Ana Paula, 34, e a apresentadora Xuxa Meneghel, 52. Quis o destino que a ascendência meteórica da loira mineira coincidisse com a decadência previsível da loira gaúcha. Sem constrangimento, os milhares de fãs de Ana Paula passaram a chamá-la de “rainha do barraco” por seu perfil impulsivo e contestador, enquanto os milhões de admiradores de Xuxa lamentam o seu vazio artístico, a ausência de identidade da eterna “rainha dos baixinhos”.

LEIA MAIS: Participante do BBB pede para sair do programa: ‘Não aguento mais ficar aqui’

Projeção e desabafo

A comparação acontece, unicamente, pelo fato de a jornalista mineira ter se transformado em fenômeno de popularidade, aproveitando os famosos 15 minutos de fama do BBB16. Ana Paula foi expulsa da casa no último sábado, logo depois de agredir o participante Renan, e desde então seu nome jamais deixou de figurar entre os assuntos mais comentados no Twitter e no Facebook. Já a projeção de Xuxa ocorreu na velocidade oposta, motivada pelo desabafo de quem já não sabe mais o que fazer diante dos baixos índices de audiência do seu programa na Record.

Depois de eliminação de Ana Paula, BBB teve a maior audiência em 6 anos (Foto: Reproduação)
Depois de eliminação de Ana Paula, BBB teve a maior audiência em 6 anos (Foto: Reproduação)

Volume morto

Palavras da mãe de Sasha Meneghel: “Acho que realmente as pessoas não gostam do que tenho para oferecer. Aliás nem sabem, não viram, mas não gostam”. Ironicamente, Ana Paula chegou a dar um empurrãozinho para a apresentadora quando ainda estava confinada. Durante transmissão ao vivo do BBB16, disse que “segunda-feira era dia de programa da Xuxa”. Mesmo com a grande repercussão, o ibope permaneceu no volume morto – não mais do que 5%.

Fora da casinha

Independente das personalidades e gerações distintas, a grande diferença entre Ana Paula e Xuxa se resume a um item: opinião. A mineira não está nem aí se gostam ou zombam de suas palavras e gestos. Invariavelmente fala o quer e ouve o que não quer, entretanto jamais deixa de se posicionar. Já a gaúcha permaneceu acomodada na fantasia infanto-juvenil das décadas de 1980 e 1990, esquecendo que seu público um dia iria amadurecer. Xuxa hoje é um poço de ressentimentos, totalmente fora da casinha, desconectada da frieza e da necessidade de posicionamento do mundo virtual.

Perfis antagônicos

Os elementos da trajetória pessoal de Xuxa são infinitamente mais expressivos. Batalhou pelo sucesso profissional, todavia não se preocupou com reciclagem e capacitação. Ana Paula, por outro lado, é jornalista sem nunca ter colocado a mão na massa, vive do dinheiro do pai e abusa da sinceridade. “Ocupo meu tempo com yoga, academia, chá da tarde com as amigas. E fico com meu pai. Adoro tomar café da manhã com ele”, admite.

LEIA MAIS: Base de Maguito afunila em três nomes e escolha deve sair até o final do mês

Nova realidade

Duas mulheres, duas personagens. Os exemplos são discutíveis, mas a autenticidade sempre faz diferença. Quem vive do passado é museu. O mercado do entretenimento já não se preocupa com o histórico das carreiras. A busca incessante é pela irreverência sem limite, por “Ana Paulas” que promovam barracos e polêmicas por minuto.

Comentários do Facebook