Jovens foram presos no Garavelo, em Aparecida, suspeitos de extorquir
Jovens foram presos no Garavelo, em Aparecida, suspeitos de extorquir "clientes" para os quais atuavam como garotos de programa | Foto: Divulgação / PC

Dois jovens, de 18 e 25 anos, foram presos suspeitos de extorquir “clientes” para os quais atuavam como garotos de programa.

Foi o 5° Distrito Policial de Aparecida que realizou as prisões nessa quarta, 20, no Garavelo.

De acordo com a Polícia Civil, a dupla usava os aplicativos Skokka e BoyToy para atrair clientes, além das redes sociais.

Durante o programa, porém, eles faziam filmagens escondidas já com o propósito de exigir grande quantia de dinheiro das vítimas posteriormente.

Em outras situações, a dupla convencia os clientes a enviarem imagens íntimas, que também eram usadas em seguida para chantagem.

Em alguns casos, a extorsão continuava mesmo após o primeiro pagamento.

Depois, os valores eram depositados na conta bancária de um dos suspeitos.

Em um áudio de WhatsApp obtido pelos investigadores, o mais velho dos jovens ameaçava divulgar as imagens da vítima:

“Sinto muito, mas sua família vai ficar sabendo que você foi enganado por um garoto de programa. Não queria chegar a esse ponto.”

Segundo a PC, 3 vítimas procuraram a delegacia até o momento, mas a suspeita é de que o número de clientes chantageados seja bem maior.

Se denunciados, os jovens responderão pelo crime de extorsão majorada pelo concurso de pessoas.

Rapper é morto a tiros em distribuidora do Colina Azul


Acompanhe tudo que acontece em Aparecida de Goiânia seguindo a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook