A Prefeitura de Goiânia prepara licitação para adquirir 100 mil cestas básicas que serão distribuídas a famílias carentes nos próximos dias.

A compra será realizada pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), que fará o cadastro e controle da distribuição a famílias em situação de vulnerabilidade social.

Também é estudada a possibilidade de ser desenvolvido um aplicativo ou formulário para cadastramento via site da prefeitura.

Pontos de Apoio e Doações

Há 1 mês, a SEMAS criou pontos de apoio no Mercado Aberto, no Centro e no Cepal do Setor Sul.

Nestes locais são oferecidas 3 refeições diárias, distribuídos kits de higiene e oferecidos banhos para as pessoas em situação de rua.

Para isso, foi feita parceria com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Guarda Civil Metropolitana, Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), 20 ONG’s e centenas de voluntários.

Como forma de auxílio, foi criado um banco de alimentos na sede da SEMAS que recebe ou busca doações para montagem de cestas de forma higienizada a serem distribuídas as famílias carentes.

Mesmo com a aquisição das cestas pela Prefeitura, o órgão continuará recebendo as doações de alimentos, roupas, calçados e materiais de higiene e limpeza.

O contato para doações é pelo telefone: 9.8458-6104.

Auxílio Emergencial negado: veja como recorrer


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook