Goianira trata dependentes químicos

A associação deve acolher 30 pacientes em um primeiro momento
A associação deve acolher 30 pacientes em um primeiro momento

Uma nova opção para o tratamento de dependentes químicos foi inaugurada no mês passado, na cidade de Goianira, região metropolitana de Goiânia. A Associação Crer, mantida pela Igreja Evangélica Comunidade Vida, deve acolher 30 pacientes em um primeiro momento, por meio de um tratamento que vai muito além da internação do dependente.

Segundo o diretor administrativo da entidade, Erisson Lindoso, o tratamento oferecido ali contempla também a preparação da família do paciente, cursos profissionalizantes aos internos e um acompanhamento pós-tratamento com a reinserção no mercado de trabalho.

Parcerias

A unidade goiana da associação é a segunda da comunidade evangélica no País e, assim como a mantida há alguns anos na cidade de São Luiz do Maranhão, busca parcerias com a iniciativa privada e pública para continuar o trabalho. Ajuda essa que pode até aumentar o número de atendidos, que, em um primeiro momento, será limitado a apenas 30 pessoas.

Comentários do Facebook