O Governo de Goiás vai doar cestas básicas e botijões de gás durante a crise do coronavírus.

De acordo com o governador Ronaldo Caiado, o objetivo é auxiliar as pessoas que ficaram sem trabalho e renda após as medidas restritivas que ordenaram o fechamento do comércio em todo o Estado.

Para receber a doação, é necessário estar cadastrado junto à Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social ou às prefeituras.

Suspensão de contas

Outra medida que o Governo de Goiás estuda adotar é suspender o corte de água e energia durante o período de crise do coronavírus.

A medida já foi adotada em países como a França, que suspendeu a cobrança de impostos e de luz, água, gás e aluguéis.

No Rio de Janeiro, o governador Wilson Witzel anunciou que planeja suspender por 60 dias as contas de água, luz, gás e telefone.

Para viabilizar essas medidas de assistência humanitária em Goiás, Ronaldo Caiado afirmou que tem dialogado com o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, em busca de recursos federais.

O que abre e fecha em Goiás durante estado de emergência


Acompanhe a Folha Z no Instagram (@folhaz), no Facebook (jornalfolhaz) e no Twitter (@folhaz)

Comentários do Facebook